Narrativas Orais: Memórias entre Convergências e Divergências na Fronteira

Autores

  • Leandro Baller

Palavras-chave:

Brasil-Paraguai, Cultura, História, Oralidades, Contemporaneidade.

Resumo


O texto faz uma análise exploratória de fragmentos discursivos de entrevistas (fontes primárias), com o objetivo de avaliar as perspectivas centrais expostas por atores sociais e históricos escolhidos por comporem o ambiente de fronteiras ou por possuírem conhecimento e vivência com os fronteiriços, bem como, com as populações que a circundam. A problemática gira em torno da polêmica questão rural que conforma a região leste do Paraguai, situado em grande medida na zona de segurança de fronteira, e nesse ínterim compreender como a territorialização desse espaço fronteiriço comporta elementos culturais que são construídos por diferentes etnias sem função de objetivos comuns para tais comunidades. Os resultados colhidos apresentam uma mescla cultural como um produto da construção de caracteres externos ao do país onde grande parte dessa população reside.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

BALLER, L. Narrativas Orais: Memórias entre Convergências e Divergências na Fronteira. Perspectiva Geográfica, [S. l.], v. 11, n. 15, p. 2–12, 2000. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/pgeografica/article/view/16313. Acesso em: 24 jan. 2022.