INUNDAÇÕES URBANAS EM LONDRINA PR: UM ESTUDO DA BACIA DO RIBEIRÃO CAMBÉ

Ester Paula Leite Vacario, Gilnei Machado

Resumo

Esse trabalho objetivou discutir as transformações ocorridas na bacia do Ribeirão Cambé em função da urbanização da mesma e a relação destas transformações com a ocorrência de enchentes, inundações e alagamentos na referida bacia. Tendo isso em vista, buscou-se identificar os eventos mais marcantes de inundações e alagamentos das últimas três décadas, foi nesse período que a vertente direita da bacia foi mais intensamente ocupada. Para a compreensão da evolução das transformações espaciais ocorridas na área de estudo recorreu-se ao mapeamento de uso e ocupação, o qual teve sua análise embasada em autores que discutem a influência da expansão urbana no ambiente hidrográfico natural. Autores que, como Tucci e Collischonn (1998), desenvolveram estudos, que indicam que a expansão urbana interfere na dinâmica das bacias hidrográficas. Com a elaboração da pesquisa pode-se entender que, de fato, houve grandes alterações na área da bacia, o que contribuiu para um aumento do número de casos de inundações e alagamentos, havendo a necessidade de uma intervenção na área a fim de controlar os eventos de enchente, alagamentos e inundações, visando a redução dos transtornos e das perdas que os mesmos representam.

Palavras-chave

Urbanização, Inundação e Alagamento.

Texto completo:

PDF