EFICIÊNCIA DOS GASTOS PÚBLICOS EM EDUCAÇÃO, SAÚDE E TRABALHO PARA O DESENVOLVIMENTO DOS MUNICÍPIOS PARANAENSES

Eloisa Carla Dalchiavon, Cármem Ozana de Melo

Resumo

A utilização adequada dos recursos públicos disponíveis aos municípios tende a gerar melhorias na qualidade de vida da população, tendo o gestor público, enquanto agente do desenvolvimento local, o compromisso de alocá-los com eficiência. Neste contexto, este estudo tem por objetivo avaliar a eficiência técnica dos gastos públicos municipais em educação e cultura, saúde e saneamento, e trabalho do estado do Paraná em 2011. Para atingir o objetivo proposto, utiliza-se a metodologia Análise Envoltória de Dados (DEA), considerando o modelo de retornos constantes com orientação output. Os resultados encontrados mostram que dos 81 municípios analisados, 12 foram eficientes na alocação dos recursos públicos em educação e cultura, saúde e saneamento, e trabalho. A maioria dos municípios que foi eficiente pertence à região norte do estado, e tinham as menores despesas per capita no período.

Palavras-chave

Desenvolvimento econômico. Eficiência. Gastos públicos.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários