A IMPORTÂNCIA DA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NAS ORGANIZACOES

Autores

  • Vera Lucia Moreira FAE Business School

DOI:

https://doi.org/10.48075/gdemrevista.v3i1.16963

Resumo


Esse artigo tem como finalidade mostrar a importância da Inteligência emocional nas organizações, tarefas são executadas por pessoas, assim, construir relacionamentos positivos durante o empreendimento é um grande desafio para profissionais e lideranças que são os responsáveis por conduzir a equipe, legitimando as relações intrapessoais, interpessoais e intergrupais de profissionais com formações, etnias, culturas, valores e anseios diversos. O profissional deve desenvolver sua capacidade de controlar seus impulsos, administrar suas emoções e agir com coerência, sendo inteligente ao direcionar o trabalho, propiciando uma melhoria contínua nos relacionamentos entre os membros da equipe, as partes interessadas e a organização. Deste modo, a inteligência emocional é percebida como uma ferramenta estratégica, um diferencial competitivo, apreendida e desenvolvida ao longo da vida por fornecer conhecimento a respeito dos sentimentos e das emoções. Através do entendimento do comportamento característico da natureza humana, o que é empregado no gerenciamento dos recursos humanos para extrair o máximo potencial de trabalho das pessoas e grupos culminando ao seu término com êxito. 

Downloads

Publicado

10-07-2017

Como Citar

MOREIRA, V. L. A IMPORTÂNCIA DA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NAS ORGANIZACOES. Gestão e Desenvolvimento em Revista, [S. l.], v. 3, n. 1, p. 84–96, 2017. DOI: 10.48075/gdemrevista.v3i1.16963. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gestaoedesenvolvimento/article/view/16963. Acesso em: 4 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos