Imaginário e recordação: considerações sobre o fazer poético de Adélia Maria Woellner

Clarice Braatz Schmidt Neukirchen

Resumo


Esta pesquisa tem por objetivo investigar a influência da memória e do imaginário na lírica da curitibana Adélia Maria Woellner, buscando demonstrar a influência da memória mítica
no fazer poético de Woellner, por meio das imagens e símbolos utilizados na construção poética, salientando que também a retomada dos mitos antigos apresenta-se como uma forma de
rememoração do passado. Visa-se observar como o tema da memória, na lírica woellneriana, encontra-se ligado à representação simbólica, ou seja, a influência que a memória exerce sobre as imagens e símbolos, alguns de caráter universal, dos quais a poeta se utiliza. Esta poeta realiza um fazer poético marcado pela contemplação e constante reflexão acerca do eu interior. A presente pesquisa está embasada na perspectiva teórica de autores como Mircea Eliade, Gaston Bachelard, Gilbert Durand, Octavio Paz, Maurice Halbwachs, Chevalier & Gheerbrant e Ecléa Bosi.

Palavras-chave


Memória; imaginação; Adélia Maria Woellner

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista de Literatura, História e Memória - Qualis B2

ISSN: 1983-1498 — ISSN: 1809-5313


Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Programa de Pós-Graduação em Letras - PPGL

Rua Universitária, 2069 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110

| revistalhm@gmail.com |