Análise da percepção dos envolvidos sobre a sustentabilidade ambiental da soja no Oeste do Paraná

Autores

  • Carlos Rogério Rodrigues da Silva
  • Edson Luiz Leismann

DOI:

https://doi.org/10.48075/comsus.v3i1.13027

Resumo


O presente  procurou analisar a percepção ambiental dos produtos dos sojicultores integrados a Copacol . A metodologia de pesquisa foi de natureza exploratória, quantitativa e qualitativa pela qual foi entrevistada uma amostra representada pelos principais envolvidos nos processos de Análise do Ciclo de Vida. Com uma amostra do tipo intencional, seccional com os dados coletados com visitas as propriedades rurais. O método de estudo foi o estudo de caso e como instrumento de pesquisa o questionário. Os resultados demonstraram que os agricultores e a cooperativa possuem uma percepção ecológica forte, inclusive com uma alta preocupação quanto às questões ambientais e sociais, que superaram a preocupação quanto a aspecto econômico com relação ao impacto causado pela atividade e também com as questões abertas foi possível identificar algumas medidas para mitigar as externalidades negativas

Downloads

Publicado

07-02-2017

Como Citar

RODRIGUES DA SILVA, C. R.; LEISMANN, E. L. Análise da percepção dos envolvidos sobre a sustentabilidade ambiental da soja no Oeste do Paraná. Revista Competitividade e Sustentabilidade, [S. l.], v. 3, n. 1, p. 1–10, 2017. DOI: 10.48075/comsus.v3i1.13027. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/comsus/article/view/13027. Acesso em: 28 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos