O Método de Classificação ABC na Gestão de Estoque: O Caso de Uma Pequena Empresa do Ramo de Peças Automotivas

Autores

  • Clóvis Fiirst

DOI:

https://doi.org/10.48075/comsus.v3i1.13892

Resumo


O objetivo do presente artigo é apresentar o método de classificação ABC, como ferramenta de gestão nos estoque, para uma empresa que atua no setor varejista de auto peças, localizada no municipio de Cascavel-Pr, com intuito de contribuir com sua sobrevivência e lucratividade. A metodologia aplicada na pesquisa foi segregada em três tipos: quanto aos objetivos foi do tipo descritiva, quanto aos procedimentos estudo de caso, quanto a abordagem do problema qualitativa.  No levantamento realizado foi possível identificar que a empresa imobiliza grande parte dos recursos operacionais e ainda precisa melhorar os níveis de serviços nos itens de alto fluxo de vendas. Foi sugerido a implantação do método ABC no sistema de informação da empresa estudada para auxiliar nas decisões de compras e níveis de serviços. Com a utilização do método ABC, é possível melhorar o fluxo de caixa e a lucratividade, não imobilizando recursos operacionais e com disponibilidade de peças de alto giro para atender o mercado. O campo de pesquisa nessa área é imenso e não limita-se somente aos estoques, envolve toda cadeia de suprimentos, gerando assim oportunidades para futuras pesquisas.

Downloads

Publicado

07-02-2017

Como Citar

FIIRST, C. O Método de Classificação ABC na Gestão de Estoque: O Caso de Uma Pequena Empresa do Ramo de Peças Automotivas. Revista Competitividade e Sustentabilidade, [S. l.], v. 3, n. 1, p. 100–110, 2017. DOI: 10.48075/comsus.v3i1.13892. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/comsus/article/view/13892. Acesso em: 21 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos