Estágio supervisionado obrigatório: atividades desenvolvidas pelos discentes do curso de Secretariado Executivo Bilíngue da UFPB

Autores

  • Francisca Janete da Silva Adelino Universidade Federal da Paraíba
  • Lauricélia Lima da Silva Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.48075/revex.v20i3.22575

Palavras-chave:

Estágio Supervisionado. Atividades desenvolvidas. Campo de estágio

Resumo


Este estudo objetiva investigar as atividades desenvolvidas por estagiários do curso de Secretariado Executivo Bilíngue da UFPB, durante as disciplinas de estágio supervisionado II, III e IV. Para tanto, realizou-se uma pesquisa exploratória e documental, conduzida sob abordagem qualitativa e quantitativa. Os dados foram coletados por meio de relatórios de estágio, produzidos por discentes, nos períodos de 2017.1 e 2017.2. Entre os resultados encontrados, constatou-se que as atividades desenvolvidas pelos estagiários estão mais voltadas para o campo da assessoria e da consultoria. Observou-se que trinta empresas/instituições ofereceram oportunidades de estágio supervisionado. Destacou-se o âmbito público como aquele que mais oferta oportunidade de estágio. ABSTRACTThis study aims to investigate the activities developed by trainees of the Bilingual Executive Secretariat course of UFPB, during the disciplines of supervised internship II, III and IV. For this, an exploratory and documentary research was carried out, conducted under a qualitative and quantitative approach. Data were collected through internship reports, produced by students, in the periods of 2017.1 and 2017.2. Among the results found, it was found that the activities developed by the trainees are more focused on the field of advisory and consulting. It was observed that thirty companies/institutions offered supervised internship opportunities. The public scope stood out as the one that most offer internship opportunity. 

Biografia do Autor

Francisca Janete da Silva Adelino, Universidade Federal da Paraíba

Professora doutora do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas do curso de Secretariado Executivo da UFPB.

Lauricélia Lima da Silva, Universidade Federal da Paraíba

Bacharel em Secretariado Executivo Bilíngue pela Universidade Federal da Paraíba.

Referências

AZEVEDO, I; COSTA, S. I. Secretária: um guia prático. 6. ed. São Paulo: SENAC, 2006.

BIANCHI, A. C. M.; BIANCHI, R.; ALVARENGA, M. Manual de Orientação: Estágio Supervisionado. 4. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

BIANCHI, A. C. M.; BIANCHI, R.; ALVARENGA, M. Orientação para estágio em secretariado: trabalhos, projetos e monografias. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2003.

BLOCK, P. Consultoria infalível: Um guia prático, inspirador e estratégico. 3. ed. São Paulo: M. Books, 2013.

BRASIL. Casa Civil. Lei nº11. 788 de 25 de setembro de 2008, Brasília, DF, 2008.

CROCCO, L.; GUTTMANN, E. Consultoria Empresarial. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

DORNELAS, J. C. A. Empreendedorismo: transformando ideias em negócios. 5. ed. Rio de Janeiro: Empreende/LTC, 2014.

FERREIRA, F. D. A atuação do Secretário Executivo no setor público: o caso da Universidade Federal do Ceará. 2011. 118 f. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2011.

GIL, A. C. Como elaborar projeto de pesquisa. 4 . ed. São Paulo: Atlas, 2006.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

LIMA, T. F.; CANTAROTTI, A. A formação e a construção de competências para a atuação do profissional de secretariado executivo: um estudo de caso em uma empresa júnior. Revista de Gestão e Secretariado. v. 1, n. 2, p. 97 – 98, jul. 2010. ISSN: 2178-9010.

MORETTO, V. P. Construtivismo, a produção do conhecimento em aula. 3. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

NEIVA, E.G.; D’ ELIA, M. E. S. As novas competências do profissional de Secretariado. 2. ed. São Paulo: IOB, 2009.

NETTO, A. M. Tendências de atuação em RH. In: D’ELIA, B., AMORIM, M., SITA, M. (Org.). Excelência no Secretariado: a importância da profissão nos processos decisórios. Como assessorar e atingir resultados corporativos e pessoais com competência e qualidade. São Paulo: Ser Mais, 2013. p. 385-392.

NONATO JR., R. Epistemologia e teoria do conhecimento em secretariado executivo: a fundação das ciências da assessoria. Fortaleza: Expressão Gráfica, 2009.

PAES, V. O. et al. As novas formas de atuação do profissional de secretariado executivo. Revista de Gestão e Secretariado. São Paulo, v. 6, n. 1, p. 103-108, jan./abr. 2015.

PORTELA, K. C. A.; SCHUMACHER, A. J. Estágio supervisionado: teoria prática. Santa Cruz do Rio Pardo, SP: Editora Viena, 2007.

PORTELA, K. C. A.; SCHUMACHER, A. J. Gestão Secretarial: o desafio da visão holística. Cuiabá: Adeptus, 2009.

PRODANOV, C.; FREITAS, E. Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico]: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

RICHARDSON. R.J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

UFPB - UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA. Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em Secretariado Executivo Bilíngue. João Pessoa: CONSEPE, 2006.

UFPB - Universidade Federal da Paraíba. Resolução n° 01/2009. Regulamento de Estágio do curso de Secretariado Executivo Bilíngue. João Pessoa: Centro de Ciências Aplicadas e Educação da Universidade Federal da Paraíba, 200

Downloads

Publicado

29-07-2021

Como Citar

ADELINO, F. J. da S.; SILVA, L. L. da. Estágio supervisionado obrigatório: atividades desenvolvidas pelos discentes do curso de Secretariado Executivo Bilíngue da UFPB. Revista Expectativa, [S. l.], v. 20, n. 3, p. 108–130, 2021. DOI: 10.48075/revex.v20i3.22575. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/expectativa/article/view/22575. Acesso em: 30 nov. 2021.

Edição

Seção

Seção - Secretarial