Reflections on internationalization: quo vadis UNIOESTE?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/revex.v20i4.27857

Palavras-chave:

Internationalization of higher education. Public university. Higher education policies.

Resumo


Universities are institutions whose commitments go beyond the fields of teaching, research, and outreach. In a society that increasingly requires changes, cooperating with other actors must be a path to be followed. At the same time, internationalization has become a priority appearing on many Higher Education institutions' agendas. However, it is an open question how universities should manage the new demands proposed by society in a very fast challenging world. Therefore, the aim of this article is to provide a framework for strategic priorities which outlines steps and activities that the Western Paraná State University (UNIOESTE) should adopt as part of this transformation project through the lens of the Project Model Canvas (FINOCCHIO JUNIOR, 2013). The methodology is characterized as a qualitative study, with an exploratory character, with the collection of data through documentary research. The results show that to operate successfully in the increasingly globalized environment, Unioeste must continue to foster a commitment to internationalization and make significant efforts to integrate the international dimension into key areas of operation.   RESUMO As universidades são instituições cujos compromissos vão além dos campos do ensino, da pesquisa e da extensão. Em uma sociedade que exige cada vez mais mudanças, a cooperação com outros atores deve ser um caminho a ser percorrido. Paralelamente, a internacionalização passou a ser uma prioridade que aparece na agenda de muitas Instituições de Ensino Superior. No entanto, é uma questão em aberto como as universidades devem gerenciar as novas demandas propostas pela sociedade em um mundo acelerado e desafiador. Portanto, o objetivo deste artigo é fornecer um quadro de prioridades estratégicas que delineie as etapas e atividades que a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) deve adotar como parte desse projeto de transformação sob a ótica do Project Model Canvas (FINOCCHIO JUNIOR, 2013). A metodologia caracteriza-se como um estudo qualitativo, de caráter exploratório, com coleta de dados por meio de pesquisa documental. Os resultados mostram que, para atuar com sucesso em um ambiente cada vez mais globalizado, a Unioeste deve continuar a promover o compromisso com a internacionalização e fazer esforços significativos para integrar a dimensão internacional em áreas-chave de atuação.

Biografia do Autor

Gabriela Daiana Christ, UNIOESTE

Sou bacharel em Administração (Unioeste, 2016), especialista em Gestão de Negócios em Cooperativas (PUC-PR, 2018) e mestranda em Desenvolvimento Regional e Agronegócio (PGDRA/Unioeste). Atuo como Técnica Extensionista no Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX-Cascavel) na Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Para os próximos 5 anos quero continuar atuando com qualificação e educação. Estou pronta para superar qualquer obstáculo que surgir e sempre estarei aberta para compartilhar minha história. Para mais informações sobre minha jornada, por favor, acesse: http://lattes.cnpq.br/2080344261168254

Samantha Frohlich, UFPR

Atualmente é estudante do Doutorado em Administração (PPGADM) com foco na linha de pesquisa de Estratégia e Análise Organizacional (EAO) pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestra em Administração pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Graduada em Secretariado Executivo Trilíngue pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). Atua como professora conteudista na disciplina de Sustentabilidade e Gestão de Recursos Humanos na FAE Centro Universitário e como pesquisadora nos Grupos de Pesquisa intitulados: Dimensões Humanas nas Organizações (DHUO/UFPR) e Secretariado Executivo Bilíngue (GPSEB/UNIOESTE). Membro do European Group for Organizational Studies (EGOS), Sócia efetiva da Associação Brasileira de Pesquisa em Secretariado (ABPSEC) e Presidente/Voluntária no Leo Clube de Curitiba Batel (LEO).

Rafael Mattiello, UNIOESTE

Possui graduação em Relações Internacionais - Unicuritiba (2003); mestrado em Ciência Política, ênfase Relações Internacionais e Governança Transnacional - Vrije Universiteit Amsterdam/ Unicamp (2006); doutorado em Sociologia Política - Universidade Federal de Santa Catarina (2012). Foi Professor Visitante na Universitatea Babes Bolyai/Romênia (2017). É Professor Adjunto do Centro de Ciências Sociais Aplicadas do campus de Cascavel da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste. É líder do Grupo de Pesquisa em Governança Interinstitucional (GPGI-Unioeste).Ocupa atualmente o cargo de Assessor de Relações Internacionais e Interinstitucionais da Unioeste. Tem experiência na área de Relações Internacionais, Ciência Política e Sociologia com ênfase em Governança Transnacional; Meio Ambiente e Desenvolvimento; Política Verde; Standards e outras certificações ambientais. Atualmente pesquisa também a temática da internacionalização e da mobilidade acadêmica no âmbito das Instituições de Ensino Superiores por intermédio de sua governança interinstitucional.

Referências

ALTBACH, P.; KNIGHT, J.; ALTBACH, P. Visión panorámica de la internacionalización en la educación superior: motivaciones y realidades. Perfiles educativos, v. 28, n. 112, p. 13–39, 2006.

BALDASSAR, L.; MCKENZIE, L. Beyond “Just Being There”: Teaching Internationalization at Home in Two Qualitative Methods Units. Teaching Sociology, v. 44, n. 2, p. 84–95, 2016.

BARLETE, A. R. L. A cultural political economy account of higher education in Mercosur. Doctoral thesis (Wolfson College, Faculty of Education) - Cambridge: University of Cambridge, 2019.

CHRIST, G. D.; ARAÚJO, M. P. Aplicação do Project Model Canvas com ênfase no comércio exterior. In: RAMOS, A. A. C. et al. (Eds.). Ensaios PEIEX 2020. 1. ed. Brasília: Apex-Brasil, 2020. p. 44–46.

CRESWELL, J. W. et al. Qualitative research designs: Selection and implementation. The counseling psychologist, v. 35, n. 2, p. 236-264, 2007.

DE WIT, H.; HUNTER, F. Europe’s 25 Years of Internationalization: The EAIE in a Changing World. International Higher Education, n. 74, p. 14–15, 2014.

DE WIT, H.; LEAL, F. G.; UNANGST, L. Internationalization Aimed at Global Social Justice: Brazilian University Initiatives to Integrate Refugees and Displaced Populations. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO. 44., on-line. Anais eletrônicos [...] Maringá: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, 2020. Disponível em: http://anpad.org.br/abrir_pdf.php?e=MjkwMjg=. Acesso em: 4 jun. 2021.

DELGADO MÁRQUEZ, B.; HURTADO TORRES, N.; BONDAR, Y. La internacionalización en la enseñanza superior: investigación teórica y empírica sobre su influencia en las clasificaciones de las instituciones universitarias. RUSC. Universities and Knowledge Society Journal, v. 8, n. 2, p. 101–122, 2011.

ÉSTHER, A. B. Que universidade? Reflexões sobre a trajetória, identidade e perspectivas da universidade pública brasileira. Espacio, Tiempo y Educación, v. 2, n. 2, p. 197-221, 2015.

FINOCCHIO JUNIOR, J. Project Model Canvas: Gerenciamento de Projetos sem Burocracia. 1a ed. Rio de Janeiro: Elsevier/Campus, 2013.

GIBBS, Graham. Análise de dados qualitativos: coleção pesquisa qualitativa. Bookman Editora, 2009.

HEIDA. Bridging the gap between faculty and admin using effective communication platforms Literature review. Relatório. Istanbul, 2015. Disponível em: https://heida.ku.edu.tr/wp-content/uploads/2018/08/HEIDA_Project-Output-1-Literarture-Review-25.5.2015.pdf. Acesso em: 3 jun. 2021.

HUDZIK, J. K. Comprehensive internationalization: From concept to action. NAFSA e-Publications, p. 1–42, 2011.

IBGE. Cidades e Estados. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/pr/. Acesso em: 3 jun. 2021.

ILLIEVA, R.; BECK, K.; WATERSTONE, B. Towards sustainable internationalisation of higher education. International Higher Education, v. 22, n. 2, p. 13–39, 2015.

KEMPTON, L. et al. Regional Studies Policy Impact Books. London: Taylor & Francis Online, 2021. v. 3.

KESTIN, T.; LUMBRERAS, J.; PUCH, M. C. Accelerating Education for the SDGs in Universities. New York: Sustainable Development Solutions Network, 2020.

KETTUNEN, J. A conceptual framework to help evaluate the quality of institutional performance. Quality Assurance in Education, v. 16, n. 4, p. 322–332, 2008.

KNIGHT, J. Five Truths about Internationalization. International Higher Education, n. 69, p. 4–5, 2015.

KNIGHT, J. Internationalization Remodeled: Definition, Approaches, and Rationales. Journal of Studies in International Education, v. 8, n. 1, p. 5–31, 2004.

KNIGHT, J.; DE WIT, H. Internationalization of Higher Education: Past and Future The Center for International Higher Education (CIHE). International Higher Education, v. 95, p. 9–11, 2018.

KNOBEL, M. et al. Desenvolvimentos da Internacionalização da Educação Superior no Brasil: Da Mobilidade Acadêmica Internacional à Institucionalização do Processo na Universidade. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO. Anais [...] Maringá: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, 2020. Disponível em: http://anpad.org.br/abrir_pdf.php?e=MjkwMjc=. Acesso em: 4 jun. 2021.

LEAL, F. G.; MORAES, M. C. B. Internacionalização do currículo: um olhar crítico fundamentado no pensamento complexo. Internacionalização do currículo: educação, interculturalidade, cidadania global, May, 2016.

MATTIELLO, R. et al. Protagonismo na internacionalização da Unioeste. In: EYNG, C. et al. (Eds.). Ciências agrárias: ensino, cooperativismo, segurança alimentar e sucessão na agricultura. 1. ed. Marechal Cândido Rondon: Centro de Ciências Agrárias, 2019. v. 1, p. 109–118.

MCBRIDE, K.; KNUTSON, S. Strategic Internationalization of Higher Education. Canadian Bureau of International Education. 2017. Disponível em: https://cbie.ca/learning/training/internationalization-higher-education-canada/. Acesso em: 13 jul. 2017.

OLIVEIRA, M. M. Como fazer pesquisa qualitativa. Petrópolis: Vozes, 2007.

RUDZKI, R. E. J. The strategic management of internationalization towards a model of theory and practice. March, p. 331, 1998.

SANTOS, F. S.; ALMEIDA FILHO, N. A quarta missão da Universidade: internacionalização universitária na sociedade do conhecimento. Brasília: Editora Universidade de Brasília; Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2012.

SALDAÑA, J.; OMASTA, M. Qualitative research: Analyzing life. Sage Publications, 2016.

SETI. Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Disponível em: http://www.seti.pr.gov.br/institucional/apresentacao. Acesso em: 24 maio. 2021.

STALLIVIERI, L. Understanding the internationalization of higher education. Revista de EDUCAÇÃO do Cogeime, v. 26, n. 50, p. 37, 2017.

STAKE, R. E. Qualitative case studies. 2005.

LIMA, M. C.; MARANHÃO, C. M. S. A. O sistema de educação superior mundial: entre a internacionalização ativa e passiva. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), v. 14, n. 3, p. 583-610, 2009.

UNIOESTE. Estatística – Unioeste em números. Disponível em: https://www.unioeste.br/portal/acesso-aos-dados/estatistica. Acesso em: 11 fev. 2021a.

UNIOESTE. Estatuto da Universidade Estadual do Oeste do Paraná: Resolução No 017/1999-COU, de 17 de setembro de 1999. Disponível em: https://www.unioeste.br/portal/arquivos/scs/docs/017_estatuto.pdf. Acesso em: 26 out. 2020.

UNIOESTE. Orçamento Executado. Disponível em: https://www.unioeste.br/portal/transparenciaproplan/planejamento-e-orcamento/orcamento-da-unioeste/orcamento-aprovado. Acesso em: 27 maio. 2021b.

UNIOESTE. Política de Internacionalização da Universidade Estadual do Oeste do Paraná: Resolução No 134/2017-COU, de 14 de setembro de 2017. Disponível em: https://midas.unioeste.br/sgav/arqVrtConteudo/download?arqCntCodigo=560. Acesso em: 26 out. 2020.

UNIOESTE. Resolução No 057/2020-COU, de 12 de maio de 2020 (Aprova a proposta orçamentária da Unioeste para o exercício de 2021). Disponível em: https://midas.unioeste.br/sgav/arqVrtConteudo/download?arqCntCodigo=207747. Acesso em: 27 maio. 2021c.

UNIOESTE. Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Disponível em: https://www.unioeste.br/portal/ari/inicio. Acesso em: 26 out. 2020a.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

Downloads

Publicado

10-11-2021

Como Citar

CHRIST, G. D.; FROHLICH, S.; MATTIELLO, R. Reflections on internationalization: quo vadis UNIOESTE?. Revista Expectativa, [S. l.], v. 20, n. 4, 2021. DOI: 10.48075/revex.v20i4.27857. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/expectativa/article/view/27857. Acesso em: 27 nov. 2021.

Edição

Seção

Seção - Gestão nas Organizações