OS COMPLEXOS CONVECTIVOS DE MESOESCALA, AS SUPERCÉLULAS E AS TEMPESTADES NO PARANÁ – O ESTUDO DE CASO

Autores

  • Victor Assunção Borsato UNESPAR - Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão.
  • Nair Gloria Massoquim UNESPAR - Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão
  • Danielle Uber Rodrigues UNESPASR - Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão.

DOI:

https://doi.org/10.48075/geoq.v12i1.19934

Palavras-chave:

estacionalidade climáticas, climatologia dinâmica, massas de ares.

Resumo


A região oeste do estado do Paraná é a mais atingida por tempestades, haja vista a localização geográfica e também a configuração das massas de ares que propiciam as tormentas. No dia 23 de março de 2018, uma tempestade atingiu o município de Cafelândia-Pr, com danos na vegetação, nas edificações e nas lavouras. Estudaram-se as condições sinóticas que precederam o evento para identificar a(s) massa(s) de ar(es) que atuava(m) e também, contribuir com os órgãos “defesa civil” e outros, para que em condições sinóticas semelhantes, alertas poderão ser emitidas. Por outro lado, a Climatologia Geográfica busca ampliar o entendimento da dinâmica das massas de ares para investigar as gêneses das chuvas em uma região onde a atuação dos Complexos Convectivos de Mesoescalas e a evolução de supercélulas são frequentes e não raros, desencadeiam tempestades, principalmente nas estações do outono e da primavera.

Biografia do Autor

Victor Assunção Borsato, UNESPAR - Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão.

Geógrafo especialista e mestre (UEM).Doutor em Ciencias Ambientais. Tese defendida em 01/12/2006 - Nupélia (UEM). Professor de Climatologia, Elementos de Geologia e Biogeografia desde 1991 na Fafijam e apatir de 2006 na FECILCAM. Tide na UEPR/FECILCAM a partir de 12/10.

Nair Gloria Massoquim, UNESPAR - Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão

Professor Associado, UNESPAR – Universidade Estadual do Paraná – Campus de Campo Mourão. Pesquisadora na Climatologia e Paisagem.

Danielle Uber Rodrigues, UNESPASR - Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão.

Bacharel e Espacialista em Geografia e Estagiária da Estação Climatologica da Unespar.

Downloads

Publicado

06-04-2019

Como Citar

BORSATO, V. A.; MASSOQUIM, N. G.; RODRIGUES, D. U. OS COMPLEXOS CONVECTIVOS DE MESOESCALA, AS SUPERCÉLULAS E AS TEMPESTADES NO PARANÁ – O ESTUDO DE CASO. Geografia em Questão, [S. l.], v. 12, n. 1, 2019. DOI: 10.48075/geoq.v12i1.19934. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/geoemquestao/article/view/19934. Acesso em: 26 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos