ONDE ESTÃO OS INDÍGENAS NA TRÍPLICE FRONTEIRA ARGENTINA-BRASIL-PARAGUAI? DOS DISCURSOS E IMAGINÁRIOS, AOS TERRITÓRIOS E À VIDA

Autores

  • Luiz Felipe Rodrigues Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
  • Eliel Benites Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

DOI:

https://doi.org/10.48075/geoq.v14i02.23308

Palavras-chave:

fronteira, indígenas, turismo, cultura.

Resumo


As cidades da Tríplice Fronteira são fortemente marcadas pelas dinâmicas do turismo pela presença de atrativos de relevância internacional como as Cataratas do Iguaçu entre Brasil e Argentina e a Usina Hidrelétrica de Itaipu entre Brasil e Paraguai, bem como, o turismo de compras na cidade paraguaia de Ciudad del Este. Para atrair turistas, a reprodução desse mercado produz uma série de discursos impregnados de um imaginário ligado a uma determinada ideia de natureza em que as populações indígenas também estão incluídas. Partindo dessa problemática, o presente estudo tem como objetivo contrapor os imaginários de alguns desses discursos com a realidade vivida territorialmente pelas populações indígenas presentes nesse território, e também, apontar as relações e estratégias de negociação entre os diferentes agentes envolvidos nessa dinâmica. Com isso, pretendemos identificar alguns dos diálogos e conflitos, analisando suas contradições e demais implicações.

Biografia do Autor

Luiz Felipe Rodrigues, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Doutorando em Geografia na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Mestre em Geografia pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Bacharel em Geografia pela Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). 

Eliel Benites, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

Da etnia Kaiowá, é Doutor em Geografia pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Concluiu o Teko Arandu, curso de licenciatura indígena UFGD/UCDB, área específica de Ciências da Natureza. Mestre em Educação pela Universidade Católica Dom Bosco/UCDB. É membro da Associação de Realizadores Indígenas (ASCURI). Membro também do movimento e comissão dos professores indígena Guarani Kaiowá do Mato Grosso do Sul. Desde julho de 2013 atua como professor efetivo no Curso da Licenciatura Intercultural Teko Arandu da UFGD.

Downloads

Publicado

28-09-2021

Como Citar

RODRIGUES, L. F.; BENITES, E. ONDE ESTÃO OS INDÍGENAS NA TRÍPLICE FRONTEIRA ARGENTINA-BRASIL-PARAGUAI? DOS DISCURSOS E IMAGINÁRIOS, AOS TERRITÓRIOS E À VIDA. Geografia em Questão, [S. l.], v. 14, n. 2, 2021. DOI: 10.48075/geoq.v14i02.23308. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/geoemquestao/article/view/23308. Acesso em: 24 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos