Grau de instrução e práticas ambientais: uma análise em Sistemas de Produção Leiteiros no Paraná

Autores

  • ANALICE BRIGATTI
  • FERENC ISTVAN BÁNKUTI
  • MARCEL MOREIRA DE BRITO
  • SANDRA MARA SCHIAVI BÁNKUTI
  • MARIA CLARA MELO FERREIRA

Palavras-chave:

Pecuária, ambiente, instrução, produtores, correlação

Resumo


A pecuária leiteira tem forte representação econômica e social no país, no entanto, a atividade é marcada pela grande heterogeneidade, indo da produção especializada à de subsistência. Porém, as perspectivas de crescimento são grandes, tornando imprescindível a análise de impactos gerados ao meio ambiente. Assim, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a correlação entre o grau de instrução e práticas ambientais realizadas por produtores leiteiros. Foram entrevistados 120 produtores de leite do estado do Paraná. Os resultados apontaram que o nível de instrução não influenciou nas práticas realizadas na propriedade e que as tomadas de decisões podem estar ligadas a aspectos culturais e ainda, a redução de custos na atividade.

Downloads

Publicado

25-10-2018

Como Citar

BRIGATTI, A.; BÁNKUTI, F. I.; BRITO, M. M. D.; BÁNKUTI, S. M. S.; FERREIRA, M. C. M. Grau de instrução e práticas ambientais: uma análise em Sistemas de Produção Leiteiros no Paraná. Varia Scientia Agrárias, [S. l.], v. 5, n. 1, p. 61–76, 2018. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/variascientiaagraria/article/view/10460. Acesso em: 9 dez. 2021.

Edição

Seção

Zootecnia e Engenharia de Pesca