Toponímia oficial e toponímia espontânea nos nomes de escola de Missal- PR

Bruna Junges

Resumo


A linguagem permite ao homem ordenar e significar o mundo a sua volta, a partir dela podemos nomear a realidade e atribuir significado àquilo que vivenciamos. A linguagem é utilizada em cada comunidade de maneira a representar a realidade local. Dessa forma, as organizações sociais nomeiam os elementos a fim de representar aquilo que vivenciam, imprimindo, nos nomes, indícios de suas histórias, culturas e fatos sociais. Este trabalho tem como objetivo apresentar resultados parciais da pesquisa de iniciação cientifica a qual procura discutir e analisar processos de nomeação das escolas do município de Missal-PR, este estudo é inédito na área onomástica. Neste artigo busca-se examinar topônimos oficiais e espontâneos atribuídos as escolas do município em estudo. O corpus deste trabalho foi formado por nomes de nove escolas, o município tem, ao todo, quinze escolas. Uma das escolas cujos nomes se analisam neste artigo está localizada no centro da cidade, sendo projetada para estar próxima a igreja, e as outras oito escolas estão localizadas no interior do município, duas em distritos e as outras em vilas e comunidades. Utilizou-se de uma investigação documental para alcançar o objetivo proposto a saber conhecer as motivações toponímicas dos nomes das escolas, levando em consideração as influências históricas, culturais e ideológicas que influenciaram na escolha desses nomes, como suporte teórico valeu-se das contribuições toponímicas de Dick (1992) e Bastiani (2016).

Palavras chaves: Toponímia oficial; Toponímia Espontânea; Escolas.

Official toponymy and spontaneous toponymy in the school names of Missal- PR

Language allows man to order and mean the world around him and by using it we can name reality and attribute meaning to our experience. Besides that, language is used in each community to represent the local reality. Thus, people name the elements in order to represent what they experience, printing, in the names, indications of their stories, cultures and social facts. This work aims to present partial results of scientific initiation research which seeks to discuss and analyze how schools are named in the municipality of Missal-PR, this study is unprecedented in the onomastic area. This article seeks to examine official and spontaneous toponyms attributed to the schools of the municipality under study. The  corpus of this work was formed by names of nine schools, the municipality has, in all, fifteen schools. One of the schools whose name had been analyzed in this article is located in the center of the city because it was designed to be close to the church. Eight schools are located in the interior of the municipality, two in districts and the others in villages and communities. We use documentary investigation to achieve the proposed objective, namely:  to know the toponymic motivations of the names of schools, taking into account the historical, cultural and ideological influences that influenced the choice of these names. As theoretical support we used the toponymic contributions of Dick (1992) and Bastiani (2016).

 Key words: Official Toponimy; Spontaneous Toponymy; Schools, schools.



Palavras-chave


Toponomástica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.48075/odal.v0i0.25742

Apontamentos

  • Não há apontamentos.