PALAVRAS PROIBIDAS: UMA LEITURA DE “O INCOMPREENDIDO” DE CARRY VAN BRUGGEN

Alecrides Jahne Raquel Castelo Branco de Senna

Resumo

Resumo: Utilizando como mote o conto “O incompreendido” da escritora holandesa Caroline Lea de Haan (1881-1932), o artigo discute a questão do assimilacionismo e do antissemitismo, tendo como base os textos Antissemitismo e O judeu como pária de Hannah Arendt (1906-1975) e Do anti-sionismo ao anti-semitismo Leon Poliakov (1910-1997).

Palavras-chave

Carry Van Bruggen; Literatura; Antissemitismo; Assimilacionismo

Texto completo:

PDF