A HARMONIA MUSICAL COMO UM MODELO DE ANÁLISE PARA A HISTÓRIA INTELECTUAL

José D’Assunção Barros

Resumo


O artigo propõe-se a desenvolver a sugestão de que uma Imaginação Musical poderia trazer à História, e em especial à História Intelectual, a possibilidade de trazer novos aportes para a consideração da complexidade teórica de autores diversos. Mais especificamente, discute-se aqui a possibilidade de utilização de uma Metáfora Musical para a discussão da complexidade das identidades intelectuais de historiadores e filósofos da história. A Metáfora empregada – o ‘acorde teórico’ – pretende apreender a complexidade de um autor supondo que nenhum autor, ou poucos autores, adequam-se estritamente a classificação em um único paradigma historiográfico, tal como o Positivismo, o Historicismo ou o Materialismo Histórico. As idéias apresentadas nesta conferência foram desenvolvidas em um livro do autor, publicado em fins de 2010, no qual se pretende analisar diversos historiadores e suas obras a partir da metáfora proposta.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempos Históricos

 

e-ISSN 1517-4689 

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Marechal Cândido Rondon

Programa de Pós-Graduação em História

Rua Pernambuco, 1777- Caixa Postal 91

Marechal Cândido Rondon – Paraná- Brasil

CEP: 85960-000

| e-mail principal: revista.thistoricos@unioeste.br — e-mail secundário: thistoricos@yahoo.com.br |