Música e história: um estudo sobre as bandas de música civis e suas apropriações militares

Autores

  • Manuela Areias Costa

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v15i1.5707

Palavras-chave:

bandas de música, apropriações, elementos militares

Resumo


O presente artigo traz uma discussão a respeito das bandas civis no Brasil e suas apropriações militares, baseada em pesquisa empírica das bandas “Sociedade Musical União XV de Novembro” e “Sociedade Musical São Caetano”, ambas da cidade de Mariana-MG.  Para tanto, consideramos que o ambiente musical das bandas é marcado por práticas culturais que remontam à tradição, mas permeado pelas apropriações de novos discursos, costumes e representações. Sendo assim, o modelo de banda militar se constituiu como parâmetro para a formação e a sistematização das bandas civis oitocentistas, que rearticularam o legado musical das corporações musicais militares dos séculos anteriores a partir de apropriações de vários elementos, como o uso de repertórios, instrumentos e uniformes.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

COSTA, M. A. Música e história: um estudo sobre as bandas de música civis e suas apropriações militares. Tempos Históricos, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 240–260, 2000. DOI: 10.36449/rth.v15i1.5707. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/5707. Acesso em: 8 dez. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: História, Cinema e Música