As camadas da memória: a produção de marcos memorialísticos na historiografia regional do Oeste do Paraná (Marechal Cândido Rondon-1950 -1990)

Emílio Gonzalez

Resumo


Nos últimos anos, Marechal Cândido Rondon tem sido objeto de estudo de um conjunto de trabalhos historiográficos e memorialísticos, produzidos principalmente por alunos e professores da Unioeste. Não obstante as especificidades e recortes de cada uma dessas pesquisas, é possível identificar vários elementos em comuns nestes trabalhos. Trata-se da construção e reafirmação de um campo hegemônico de memória, construído fora da academia mas incorporado ao discurso historiográfico acadêmico, pautando-se basicamente em três grandes eixos explicativos: Colonização; Mecanização do Campo e Modernização da Agricultura; e o Projeto de Germanidade. Este artigo tem por objetivo discutir o perfil dessa produção, apontando os principais problemas resultantes desta relação entre historiografia e Memória

Palavras-chave


História; Memória; Colonização; Mecanização

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempos Históricos

 

e-ISSN 1517-4689 

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Marechal Cândido Rondon

Programa de Pós-Graduação em História

Rua Pernambuco, 1777- Caixa Postal 91

Marechal Cândido Rondon – Paraná- Brasil

CEP: 85960-000

| e-mail principal: revista.thistoricos@unioeste.br — e-mail secundário: thistoricos@yahoo.com.br |