The strategy for internationalization of Brazilian meat industries and the role of the Development Bank

Autores

  • Gessuir Pigatto
  • Giuliana Aparecida Santini Pigatto

DOI:

https://doi.org/10.48075/igepec.v19i2.12114

Palavras-chave:

Internacionalização, financiamento para a internacionalização, Banco de desenvolvimento, companhias brasileiras, setor de carnes

Resumo


Este artigo tem como objetivo principal analisar o processo de internacionalização das empresas brasileiras que atuam no setor de proteína animal (bovinos, suínos e aves) a partir do ano de 2000 e o papel do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) na trajetória de internacionalização das mesmas. O artigo foi desenvolvido através de uma abordagem metodológica qualitativa, aderindo a procedimentos de uma pesquisa bibliográfica e documental; os dados publicados nos relatórios anuais de empresas do setor de proteína animal, listadas na BM&FBOVESPA foram analisados, bem como os dados dos relatórios anuais do BNDES. A principal estratégia desenvolvida pelas empresas brasileiras para ter acesso aos principais mercados do mundo tem sido a diversificação produtiva, através da aquisição de empresas (indústrias processadoras e distribuidores) em países produtores que não enfrentam grande resistência para exportação (Uruguai, Argentina, Austrália) e nos grandes mercados consumidores (Estados Unidos e Europa). Essas organizações são financiadas direta ou indiretamente com recursos do BNDES.

Downloads

Publicado

17-01-2016

Como Citar

PIGATTO, G.; SANTINI PIGATTO, G. A. The strategy for internationalization of Brazilian meat industries and the role of the Development Bank. Informe GEPEC, [S. l.], v. 19, n. 2, p. 126–146, 2016. DOI: 10.48075/igepec.v19i2.12114. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/12114. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos