OS PROBLEMAS DE SANEAMENTO E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE PÚBLICA

Autores

  • Karla Cristina Tyskowski Teodoro Rodrigues Unioeste
  • Roselaine Navarro Barrinha
  • Jefferson Andronio Ramundo Staduto
  • Knut Ingar Westeren

DOI:

https://doi.org/10.48075/ijerrs.v4i2.28614

Resumo

O artigo tem como intuito discutir os impactos do saneamento na saúde pública, já que se acredita, há uma estreita inter-relação entre elas, o que explicita a importância de um planejamento público que leve em conta a conexão entre os dois setores. Tendo em vista que a melhora no saneamento básico é um dos meios essenciais para a prevenção de doenças e epidemias de veiculação hídrica. É de significativa importância o desenvolvimento de um debate sobre a dificuldade na tarefa de detecção causa-efeito num sistema de saneamento básico em outras áreas e a melhoria da eficiência do setor. Foi possível destacar que apesar de ter ocorrido melhoras no setor, existem carências históricas que necessitam ser resolvidas principalmente no que diz respeito à incorreta adequação do sistema de infraestrutura, bem como da existência de lacunas legais e socioeconômicas, que, por sua vez, provocam impactos negativos principalmente àquelas parcelas de população de mais baixa renda.

Biografia do Autor

Karla Cristina Tyskowski Teodoro Rodrigues, Unioeste

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (2013), mestrado em Economia Regional pela Universidade Estadual de Londrina (2016) e doutoranda em Desenvolvimento Regional e Agronegócio pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia regional. Participa dos grupos de pesquisa GEITES (Grupo de Economia, Indústria, Agricultura,Tecnologia e Sociedade) e Estudos interdisciplinares e leituras históricas.

Downloads

Publicado

04-09-2022

Como Citar

TEODORO RODRIGUES, K. C. T.; NAVARRO BARRINHA, R. .; ANDRONIO RAMUNDO STADUTO, J. .; INGAR WESTEREN, K. . OS PROBLEMAS DE SANEAMENTO E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE PÚBLICA. International Journal of Environmental Resilience Research and Science, [S. l.], v. 4, n. 3, p. 1–20, 2022. DOI: 10.48075/ijerrs.v4i2.28614. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/ijerrs/article/view/28614. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

FLUXO CONTÍNUO - Artigos