A etnicidade e comunidades estéticas: fronteiras culturais no espaço da colonização do sul do Brasil

Autores

  • Erneldo Schallenberger

DOI:

https://doi.org/10.48075/rtc.v17i33.8921

Palavras-chave:

Cultura, etnicidade, identidade, comunidade, estética.

Resumo


A presente construção textual se propõe buscar em arquivos, que acolhemdocumentação acerca da construção social dos teuto-brasileiros no sul do Brasil e em periódicospor eles produzidos uma leitura focada no processo constitutivo das comunidades étnicas,tendo como referência de abordagem os operadores simbólicos, as propriedades da formaçãosociocultural e da interação social, bem como os efeitos da demonstração da cultura. O temaremete aos conceitos da etnicidade e da identidade enquanto referências centrais para adefinição das comunidades estéticas.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

SCHALLENBERGER, E. A etnicidade e comunidades estéticas: fronteiras culturais no espaço da colonização do sul do Brasil. Tempo da Ciência, [S. l.], v. 17, n. 33, p. 89–110, 2000. DOI: 10.48075/rtc.v17i33.8921. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/tempodaciencia/article/view/8921. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos