A REFORMA PEREIRA PASSOS: UMA TENTATIVA DE INTEGRAÇÃO CONSERVADORA

Autores

  • André Nunes Azevedo

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v19i2.12480

Resumo


A rigor, não existiu uma única reforma urbana na cidade do Rio de Janeiro entre os anos de 1903 e 1906. Nesse período, ocorreram duas ações de reformulação urbana. A primeira, projetada pelo Governo Federal, operou-se em função da modernização do Porto do Rio de Janeiro e foi pautada na ideia de progresso. A segunda, planejada pela Prefeitura a partir de uma perspectiva organicista, foi ampla e buscou integrar as diversas regiões da cidade ao seu centro urbano, pensado como lugar privilegiado da difusão da civilização. Neste artigo a reforma urbana gerida por Pereira Passos é compreendida como uma tentativa de integração conservadora.

Downloads

Publicado

18-02-2016

Como Citar

AZEVEDO, A. N. A REFORMA PEREIRA PASSOS: UMA TENTATIVA DE INTEGRAÇÃO CONSERVADORA. Tempos Históricos, [S. l.], v. 19, n. 2, p. 151–183, 2016. DOI: 10.36449/rth.v19i2.12480. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/12480. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos