DANDO A LUZ À LIBERDADE: A TRAJETÓRIA DE UMA MÃE ESCRAVA E SUA PROLE (VILA DE SÃO BORJA, RIO GRANDE DE SÃO PEDRO, SÉCULO XIX)

Autores

  • Leandro Goya Fontella

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v20i1.14680

Resumo


Neste texto examina-se o processo de busca pela liberdade por meio da trajetória de uma escrava que obteve a alforria para si e seus filhos. A análise desenvolvida defende que tal cativa conduziu um projeto coletivo em que evidencia-se a utilização consciente e estratégica das normas e costumes sociais. Neste contexto, esta mulher buscou: manter a integridade de seu grupo familiar; viabilizar a mobilidade social dos componentes de sua família em perspectiva geracional; utilizar vínculos com a casa senhorial e com outros sujeitos que viviam na órbita desta com o objetivo de conservar o grupo familiar num ambiente estável, onde suas expectativas pudessem ser organizadas dentro de um horizonte de previsibilidade.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

FONTELLA, L. G. DANDO A LUZ À LIBERDADE: A TRAJETÓRIA DE UMA MÃE ESCRAVA E SUA PROLE (VILA DE SÃO BORJA, RIO GRANDE DE SÃO PEDRO, SÉCULO XIX). Tempos Históricos, [S. l.], v. 20, n. 1, p. 345–365, 2000. DOI: 10.36449/rth.v20i1.14680. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/14680. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos