PERSPECTIVAS TEÓRICAS, TRAJETÓRIA E O PROJETO POLÍTICO DOS COMUNISTAS CUBANOS DURANTE A DÉCADA DE 1940

Autores

  • Ana Paula Cecon CALEGARI Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v21i2.17829

Palavras-chave:

Partido Socialista Popular, Cuba, Comunismo, Segunda República cubana.

Resumo


Neste artigo, abordaremos a trajetória dos comunistas cubanos vinculados ao Partido Socialista Popular (PSP), destacando seu projeto político, as ideias a respeito do caráter da Revolução e as relações políticas estabelecidas com os demais partidos e sindicatos durante a década de 1940. Com base na análise do discurso, utilizaremos jornais, revistas e textos teóricos para responder as seguintes questões: a qual tradição intelectual os cubanos se filiavam no que tange aos procedimentos para desenvolver a revolução no país? Quais as relações políticas e coalizões foram estabelecidas pelo partido e o que isso diz sobre sua concepção teórica? Acreditamos que a experiência insular revela aspectos da história do comunismo no continente e aponta para especificidades internas a respeito dos caminhos a serem percorridos para a realização da revolução cubana.

Downloads

Publicado

20-12-2017

Como Citar

CALEGARI, A. P. C. PERSPECTIVAS TEÓRICAS, TRAJETÓRIA E O PROJETO POLÍTICO DOS COMUNISTAS CUBANOS DURANTE A DÉCADA DE 1940. Tempos Históricos, [S. l.], v. 21, n. 2, p. 141–179, 2017. DOI: 10.36449/rth.v21i2.17829. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/17829. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático