TORNAR-SE HISTORIADOR NO BRASIL OITOCENTISTA: A ESCRITA DA PRIMEIRA HISTÓRIA DA PROVÍNCIA DO CEARÁ (1867)

Autores

  • Hugo HRUBY

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v22i1.18089

Palavras-chave:

Tristão de Alencar Araripe, Província do Ceará, Historiografia.

Resumo


A partir de 1822, com a implantação do amplo, difuso e longo projeto político de enredamento das províncias, o processo de escrituração das cousas pátrias mobilizou variado grupo de letrados por diferentes rincões do Brasil. Na Província do Ceará, havia um pujante grupo dedicado a investigar, sistematizar e narrar os acontecimentos locais a fim de contribuir para a escrita da História do Brasil. O artigo analisa o livro História da Província do Ceará desde os tempos primitivos até 1850 (1867) do cearense Tristão de Alencar Araripe (1821–1908). Por meio da ênfase na dimensão textual (lógica e estrutura) é possível ampliar a discussão sobre práticas e lugares de produção dos candidatos à especialista em um campo do saber em construção.

Downloads

Publicado

12-08-2018

Como Citar

HRUBY, H. TORNAR-SE HISTORIADOR NO BRASIL OITOCENTISTA: A ESCRITA DA PRIMEIRA HISTÓRIA DA PROVÍNCIA DO CEARÁ (1867). Tempos Históricos, [S. l.], v. 22, n. 1, p. 337–373, 2018. DOI: 10.36449/rth.v22i1.18089. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/18089. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos