O ANDAR A PÉ COMO FATOR DE DISTINÇÃO SOCIAL NO BRASIL DO SÉCULO XIX

Autores

  • Marcelo Roberto Andrade AUGUSTI

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v23i1.20637

Resumo


Ao se considerar o contexto econômico-cultural do século XIX e as transformações ocorridas nos modos de vida da sociedade brasileira da época, posteriormente à chegada da Corte Portuguesa ao Rio de Janeiro, o artigo propõe analisar a caminhada como elemento de distinção social, conforme as atividades e eventos relacionados à sua prática e a quem dela fazia uso.

Downloads

Publicado

26-11-2019

Como Citar

AUGUSTI, M. R. A. O ANDAR A PÉ COMO FATOR DE DISTINÇÃO SOCIAL NO BRASIL DO SÉCULO XIX. Tempos Históricos, [S. l.], v. 23, n. 1, p. 408–434, 2019. DOI: 10.36449/rth.v23i1.20637. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/20637. Acesso em: 7 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos