A PARTICIPAÇÃO DO SUL DE MINAS NO ABASTECIMENTO DE CARNE VERDE DO RIO DE JANEIRO: 1858-1864

Autores

  • Marcos Lobato MARTINS Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri/Professor

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v23i2.21275

Palavras-chave:

Pecuária, Sul de Minas, Século XIX

Resumo


Este trabalho investiga as atividades pecuárias no Sul de Minas e a trajetória da empresa ‘José Jorge da Silva & Companhia, surgida no ano de 1858, em Santo Antônio do Machado, para o fornecimento de carne verde para o Rio de Janeiro. As fontes utilizadas são documentação cartorária (contratos, inventários, escrituras de vendas de terras), registros paroquiais de terras, ofícios enviados a Presidentes da Província, relatórios governamentais, periódicos de época.

Biografia do Autor

Marcos Lobato MARTINS, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri/Professor

Doutor em História Econômica pela USP. Professor adjunto da Faculdade Interdisciplinar de Humanidades (FIH) e do Mestrado em Estudos Rurais (PPGER) da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM).

Referências

Fontes

Documentos

Câmara Municipal da Cidade de Passos. Ata da sessão de 23 de maio de 1874. CTM Livro Tombo n. 003, p. 80v-83.

Cartório do 1° Ofício, Comarca de Alfenas. Livro 1 de Lançamento das Procurações, Caixa 1.

Fórum de Alfenas. Inventários da Vara de Família e Sucessões da Comarca de Alfenas (acervo do antigo Juízo de Órfãos e Ausentes do Termo de Alfenas).

Fórum de Varginha. Inventário de Gabriel dos Reis Silva, caixa 509 – G11.

Arquivo da Casa de Cultura de Machado, Códice 82, Escrituras de vendas de terras, 1858.

Arquivo Público Mineiro. Coleção de Leis Mineiras, Parte 1, Ano 1861, Tomo XXVII. Imprensa Oficial. Ouro Preto.

Arquivo Público Mineiro. Registros paroquiais de terras das freguesias de São José e Dores de Alfenas e de São Joaquim da Serra Negra, 1855-56.

Arquivo Público Mineiro, SP, Cód. 715, p. 80. Ofício do dr. José Jorge da Silva ao Presidente da Província. 14.01.1858.

Arquivo Público Mineiro, SP, Cód. 715, p. 122. Ofício de Azarias de Souza Dias ao Presidente da Província. 24.01.1858.

Arquivo Público Mineiro. SP, Cód. 715, p. 127. Ofício do dr. Roque de Souza Dias ao Presidente da Província. Fazenda do Centro. 24.01.1858.

Arquivo Público Mineiro. SP, Cód. 715, p. 67-67v. Ofício da Câmara de Passos ao Presidente da província. 13.01.1858.

Arquivo Público Mineiro. SP, Cód. 715, p. 102-105. Ofício da Câmara de Lavras ao Presidente da Província. 16.01.1858.

Arquivo Público Mineiro. SP, Cód. 715, p. 139-139v. Ofício da Câmara de Aiuruoca ao Presidente da Província. 26.01.1858.

Jornais e outros periódicos

Jornal do Commercio, 09/01/1859. Biblioteca Nacional. Rio de Janeiro.

Monitor Sul Mineiro, Campanha, edições de 13, 20 e 27/10/1872. Acervo Centro de Estudos Campanhense Monsenhor Lefort. Campanha, MG.

O Sul de Minas, 30/07/1859. Acervo Centro de Estudos Campanhense Monsenhor Lefort. Campanha, MG.

Almanak Administrativo, Mercantil e Industrial da Corte e Província do Rio de Janeiro para o ano de 1860, fundado por Eduardo von Laemmert. Disponível em http://brazil.cr.ed/bsd/almanack.

Referências bibliográficas

ANDRADE, M. F. de. Elite escravista no sul de Minas Gerais: opções de investimento e composição da riqueza – século XIX. In: SEMINÁRIO SOBRE A ECONOMIA MINEIRA, 14, 2010, Diamantina. Anais... Diamantina: Cedeplar, 2010.

ANDRADE, M. F. de. Elites regionais e a formação do Estado Imperial brasileiro: Minas Gerais – Campanha da Princesa (1799-1850). Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2008.

CALAFIORI, L. F. São Sebastião do Paraíso: história e tradição. São Sebastião do Paraíso: Cidade dos Ipês, 2005.

CALDEIRA, J. Mauá, empresário do Império. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

CAMPOS, P. H. P. Nos caminhos da acumulação: negócios e poder no abastecimento de carnes verdes para a cidade do Rio de Janeiro, 1808-35. 2007. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2007.

CARRARA, A. A. Agricultura e pecuária na capitania de Minas Gerais (1674-1807). 1997. Tese (Doutorado em História) – Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1997.

CARVALHO, J. R. História de Machado (1816-1974). Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1985.

CHAVES, C. M. G. Perfeitos negociantes: mercadores das minas setecentistas. São Paulo: Annablume, 1999.

COSTA, M. L. P. As tropas da moderação do Sul de Minas no tempo saquarema: 1842-1860. Paraguaçu: Fundação 18 de Março, 2007. (Mimeo.)

FERREIRA, N. S.; SAES, A. M. Expansão da cafeicultura e modernização em Varginha, 1882-1920. In: SAES, A. M.; MARTINS, M. L.; GAMBI, T. F. (Orgs.). Sul de Minas em urbanização: modernização urbana no início do século XX. São Paulo: Alameda, 2016.

FILLETO, F. Trajetória histórica do café na região sul de Minas Gerais. 2000. Dissertação (Mestrado em Administração rural) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2000.

FONTANARI, R. Rompendo fronteiras: a marcha da economia de abastecimento sul-mineira rumo ao território paulista (Casa Branca no meio século 19). In: SAES, A. M.; MARTINS, M. L. Sul de Minas em transição: a formação do capitalismo na passagem para o século 20. Bauru, SP: Edusc, 2012.

FRIEIRO, E. Feijão, angu e couve: ensaio sobre a comida dos mineiros. Belo Horizonte: Centro de Estudos Mineiros/Editora UFMG, 1966.

FURTADO, C. Formação econômica do Brasil. 34. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

GIOVANINI, R. Regiões em movimento: um olhar sobre a Geografia Histórica do Sul de Minas e da Zona da Mata (1808-1897). 2006. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2006.

GONÇALVES, A. R. Carnes verdes em São Sebastião do Rio de Janeiro: 1500-1900. Revista do Arquivo do Distrito Federal, Rio de Janeiro, p. 283-358, 1952.

GORENDER, J. O escravismo colonial. 4. ed. São Paulo: Ática, 1985.

GRILO, A. Tocaia no fórum: violência e modernidade. Bauru, SP: Edusc, 2012.

HOLANDA, S. B. de. As áreas de criação de gado. In: História Geral da Civilização Brasileira – Colônia: Administração, Economia e Sociedade. 12 ed. São Paulo: Bertrand Brasil, 2008.

LANNA, A. L. D. A transformação do trabalho. Campinas: Editora Unicamp, 1983.

LEITE, M. Paulistas e mineiros – plantadores de cidades. São Paulo: EDART, 1961.

LEMOS, J. G. de S. Histórico de Passos. In: VASCONCELOS, E. L. de. Álbum de Passos. Niterói, RJ: Escola Typ. Salesiana, 1920. p. 18-19.

LENHARO, A. As tropas da moderação: o abastecimento da Corte na formação política do Brasil – 1808-1842. São Paulo: Edições Símbolo, 1979.

MARCONDES, R. L. Formação da rede regional de abastecimento do Rio de Janeiro: a presença dos negociantes de gado (1801-1811). Topoi – Revista do Programa de Pós-Graduação em História Social da UFRJ, Rio de Janeiro, n. 02, p. 41-71, 2001.

MARTINS, M. L. A trajetória de Alfenas no período 1830-1930: de centro de invernada a “Atenas do Sul”. In: SAES, A. M.; MARTINS, M. L.; GAMBI, T. F. (Orgs.). Sul de Minas em urbanização: modernização urbana no início do século XX. São Paulo: Alameda, 2016.

MARTINS, M. L. Plantar, pastorar e fiar na Vila Formosa de Alfenas, MG: décadas de 1850-1890. Estudos Econômicos, São Paulo, v. 43, n. 2, p. 397-429, abr.-jun. 2013.

MARTINS, M. L.; SOUZA, A. S. Notas sobre as propriedades rurais de Alfenas, MG: décadas de 1860-1880. In: ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA – ANPUH-MG, 17, 2010, Uberlândia. Anais... Uberlândia: ANPUH-MG, 2010.

NORONHA, W. A. de. História de Passos. Passos, MG: Prefeitura Municipal, 1969.

PAIVA, C. A. População e Economia nas Minas Gerais do século XIX. 1996. Tese (Doutorado em História) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1996.

PRADO JR., C. História econômica do Brasil. São Paulo: Brasiliense, 2008.

PRADO JR., C. Formação do Brasil Contemporâneo. 12. ed. São Paulo: Brasiliense, 1972.

RESTITUTTI, C. C. As fronteiras da província: rotas de comércio interprovincial (Minas Gerais, 1839-1884). 2006. Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual Paulista, Araraquara, 2006.

SAINT-HILAIRE, A. de. Viagem às nascentes do rio São Francisco e pela Província de Goiás. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1944. (Col. Brasiliana)

SILVA, F. M. da. Subsistência e poder: a política do abastecimento alimentar nas Minas setecentistas. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

SILVA, F. C. T. da. A morfologia da escassez: crises de subsistência e política econômica no Brasil colônia (Salvador e Rio de Janeiro, 1680-1790). 1990. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 1990.

SLENES, R. W. Os múltiplos de porcos e diamantes: a economia escravista de Minas Gerais no século XIX. Cadernos IFCH UNICAMP, v. 17, jun. 1985.

SOBRINHO, J. C. Produção mercantil e diversificação econômica: um desafio para o sul mineiro. Freguesia de Itajubá, 1785-1850. In: SEMINÁRIO SOBRE A ECONOMIA MINEIRA, 14, 2010, Diamantina. Anais... Diamantina: Cedeplar, 2010.

SOBRINHO, J. C. Negócios internos: estrutura produtiva, mercado e padrão social em uma freguesia sul mineira. Itajubá – 1785-1850. 2009. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2009.

TAVARES, G. da C. A atuação dos marchantes no Rio de Janeiro colonial. Estratégias de mercado e redes de sociabilidade no comércio de abastecimento de carne verde (1763-1808). Rio de Janeiro: Secretaria Municipal de Cultura/Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro, 2012.

TOSI, P. G. Capitas no interior: Franca e história da indústria coureiro-calçadista (1860-1945). Franca, SP: UNESP, 2002.

VEIGA, B. S. da. Almanach Sul-Mineiro para 1874. Campanha: Typ. do Monitor Sul-Mineiro, 1874.

VIEIRA, E. J. Produção, comércio e acumulação de riqueza em Lavras, MG (1870-1888). In: SAES, A. M.; MARTINS, M. L.; GAMBI, T. F. (Orgs.). Sul de Minas em urbanização: modernização urbana no início do século XX. São Paulo: Alameda, 2016.

VIEIRA, I. M. Fazenda Campo Redondo – a saga da família Vieira. Jornal dos Lagos, Caderno I, p. 2, 13/12/2008.

VIEIRA, I. M. Mandassaia. Alfenas: Gráfica Atenas, 2002.

Downloads

Publicado

14-04-2020

Como Citar

MARTINS, M. L. A PARTICIPAÇÃO DO SUL DE MINAS NO ABASTECIMENTO DE CARNE VERDE DO RIO DE JANEIRO: 1858-1864. Tempos Históricos, [S. l.], v. 23, n. 2, p. 238–271, 2020. DOI: 10.36449/rth.v23i2.21275. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/21275. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos