Usos do passado nos animes japoneses: a presença de imagens míticas das deusas da destruição e do mito dos irmãos, em Naruto Shippuden

Autores

  • Daniel Lula Costa UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina
  • Rodolpho Alexandre Santos Melo Bastos Doutor em História pela Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v24i2.23938

Palavras-chave:

presença, mitologia, Naruto, Kaguya

Resumo


Anime é um termo ocidental que se refere às animações japonesas. Algumas dessas animações possuem imagens alegóricas de mundos passados, mitológicos que são presentificados. Essas presenças (GUMBRECHT, 2010) imagéticas podem ser analisadas pela alegoria histórica (BENJAMIN, 1984) que atribui outra perspectiva de estudo da imagem, sendo possível identificar sintonias de mundos passados que são emanados no presente, como em uma constelação de imagens. Nesse sentido, as imagens transmitem temporalidades múltiplas e emanam o anacronismo (DIDI-HUBERMAN, 2011). Nosso objetivo é analisar as presenças transtemporais, com base nas teorias expostas, das imagens de Kaguya e de seus filhos Hagoromo e Hamura enquanto detentoras de mundos antigos que se presentificam através do anime, Naruto Shippuden, sendo identificáveis as imagens (e os traços) das deusas da destruição em Kaguya e do mito dos irmãos gêmeos em Hagoromo e Hamura.

Biografia do Autor

Daniel Lula Costa, UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina

Doutor em História pela Universidade Federal de Santa Catarina

Downloads

Publicado

28-12-2020

Como Citar

COSTA, D. L.; SANTOS MELO BASTOS, R. A. Usos do passado nos animes japoneses: a presença de imagens míticas das deusas da destruição e do mito dos irmãos, em Naruto Shippuden. Tempos Históricos, [S. l.], v. 24, n. 2, p. 487–510, 2020. DOI: 10.36449/rth.v24i2.23938. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/23938. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos