Jornal A Luta e as representações acerca do embelezamento e higienização de praças e artérias urbanas da cidade de Campo Maior - PI durante a década de 1970

Autores

  • Raimundo Nonato Bitencourt Pereira Pereira UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v25i1.24005

Palavras-chave:

Campo Maior-PI, Progresso, Modernização, Jornal A Luta, Logradouros públicos.

Resumo


Investiga-se neste trabalho as representações construídas pelo jornal A Luta acerca do embelezamento e higienização de artérias urbanas e praças da cidade de Campo Maior, Piauí, durante a década de 1970. O semanário A Luta enaltecia a ditadura civil-militar como um momento de progresso e modernização em Campo Maior, que na época era a quinta maior cidade piauiense. Nesse contexto, privilegia-se aqui a atenção que o A Luta deu às artérias urbanas e praças campomaiorenses, tentando direcionar administradores públicos e demais moradores da urbe no sentido de adequar tais logradouros ao que o jornal considerava ser progressista e moderno, porém, conforme será observado, nem sempre os citadinos campomaiorenses se adaptaram aos anseios do jornal A Luta. 

 

Biografia do Autor

Raimundo Nonato Bitencourt Pereira Pereira, UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

Doutorando em História; Professor de História

Downloads

Publicado

08-04-2021

Como Citar

PEREIRA, R. N. B. P. Jornal A Luta e as representações acerca do embelezamento e higienização de praças e artérias urbanas da cidade de Campo Maior - PI durante a década de 1970. Tempos Históricos, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 5–43, 2021. DOI: 10.36449/rth.v25i1.24005. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/24005. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos