Ciência médica e poliomielite no Brasil na primeira metade do século XX

Autores

  • André Luiz Vieira de Campos

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v13i2.4357

Palavras-chave:

poliomielite, história, modelos médicos, Brasil.

Resumo


O artigo analisa os dilemas da ciência médica diante da ameaça da poliomielite até a década de 1950, quando a bacteriologia elaborou um novo modelo e uma vacina eficaz para a doença. Argumenta que, como o modelo proposto por Simon Flexner na década de 1910, apresentava muitas fragilidades, médicos e autoridades sanitárias no
Brasil recorriam a modelos diversos para explicar a doença e responder à ansiedade coletiva, especialmente em momentos epidêmicos.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

CAMPOS, A. L. V. de. Ciência médica e poliomielite no Brasil na primeira metade do século XX. Tempos Históricos, [S. l.], v. 13, n. 2, p. p.103–118, 2000. DOI: 10.36449/rth.v13i2.4357. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/4357. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Ciências, Tecnologias, Sociedades