Representações de trabalho nos meios de comunicação do movimento dos trabalhadores rurais sem terra

Autores

  • Fernando Perli

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v14i1.5162

Palavras-chave:

trabalho, movimento dos trabalhadores rurais sem terra, meios de comunicação

Resumo


A definição de um campo de comunicação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) caracterizou-se por uma rede de entidades sociais, religiosas e partidárias que configuraram um amplo movimento social em suas ações e representações. Dentre as representações políticas mais difundidas pelos instrumentos de (in) formação dos sem-terra se destacaram concepções de trabalho para a arregimentação nacional e a internacionalização da luta pela terra. Este artigo procura apontar alguns significados de trabalho construídos e difundidos na organização do MST através dos meios de comunicação elaborados e apropriados pela Direção Nacional do Movimento.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

PERLI, F. Representações de trabalho nos meios de comunicação do movimento dos trabalhadores rurais sem terra. Tempos Históricos, [S. l.], v. 14, n. 1, p. p.114–126, 2000. DOI: 10.36449/rth.v14i1.5162. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/5162. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Trabalho e Movimentos Sociais