O movimento armado de 1930: a representação fílmica da história

Autores

  • André Luiz dos Santos Franco

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v15i1.5697

Palavras-chave:

Revolução de 30, documentário, ficção

Resumo


O cerne deste trabalho é o estudo da construção histórica forjada por imagens e narrativas encontradas no filme “Revolução de 30”, escrito e dirigido por Sylvio Back, em 1980, 50 anos após a eclosão do movimento armado que assolou o Brasil. Para alcançar este objetivo, percorreu-se o caminho da reflexão sobre a produção audiovisual que se vale da temática histórica. A presença deste evento no filme analisado serviu como pano de fundo para entender os métodos e técnicas utilizadas para elaborar uma representação fílmica da história que percorreu a tênue fronteira entre o documentário e ficção.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

FRANCO, A. L. dos S. O movimento armado de 1930: a representação fílmica da história. Tempos Históricos, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 158–169, 2000. DOI: 10.36449/rth.v15i1.5697. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/5697. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: História, Cinema e Música