AS ARMAÇÕES BALEEIRAS NA CONFIGURAÇÃO DA COSTA CATARINENSE EM TEMPOS COLONIAIS

Autores

  • Fabiana Comerlato

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v15i2.7215

Palavras-chave:

Armação, Baleia, Santa Catarina,

Resumo


 

As armações eram núcleos populacionais, ativos no Brasil Meridional nos séculos XVIII e XIX, voltados para a pesca da baleia e o beneficiamento das partes economicamente interessantes deste cetáceo. O objetivo primordial deste estudo é identificar as armações da pesca da baleia na paisagem litorânea catarinense proporcionando informações referentes aos seus aspectos sociais, espaciais e ambientais. O estudo analisa ainda com mais precisão a distribuição espacial das atividades humanas e o seu contexto material. Este trabalho propõe-se a perceber as armações não somente como espaços de produção de óleo de baleia, mas como espaço social marcado por uma sazonalidade nas atividades. Através desta pesquisa observamos a complexa distribuição espacial das armações, que seguiam um plano comum básico.

Downloads

Publicado

08-11-2012

Como Citar

COMERLATO, F. AS ARMAÇÕES BALEEIRAS NA CONFIGURAÇÃO DA COSTA CATARINENSE EM TEMPOS COLONIAIS. Tempos Históricos, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 481–501, 2012. DOI: 10.36449/rth.v15i2.7215. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/7215. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático