O CINEMA POLÍTICO DE GILLO PONTECORVO: UMA ANÁLISE DO FILME A BATALHA DE ARGEL

Autores

  • Jefferson Luis Ribas de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v15i2.7216

Palavras-chave:

Cinema, História, Gillo Pontecorvo, Guerra da Argélia.

Resumo


Esse artigo analisa o filme A Batalha de Argel (La Battaglia Di Algeri, Argélia/Itália, 1965), realizado pelo cineasta Gillo Pontecorvo. Trata-se de um rico documento áudio-visual sobre a guerra da Independência da Argélia (1954-1962). Busca-se problematizar o olhar que o cineasta lançou sobre o conflito, bem como enfatizar o potencial e a importância do diretor de cinema como um novo tipo de historiador.

Downloads

Publicado

08-11-2012

Como Citar

OLIVEIRA, J. L. R. de. O CINEMA POLÍTICO DE GILLO PONTECORVO: UMA ANÁLISE DO FILME A BATALHA DE ARGEL. Tempos Históricos, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 505–529, 2012. DOI: 10.36449/rth.v15i2.7216. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/7216. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos