A LEI DE TERRAS E A POLÍTICA DE COLONIZAÇÃO ESTRANGEIRA NA PROVÍNCIA DO PARÁ

Autores

  • Francivaldo Alves Nunes

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v16i2.8099

Resumo


Nossa proposta é apresentar o processo de implantação da Lei de Terras no Pará, nos capítulos quanto à colonização estrangeira, partindo do pressuposto das peculiaridades locais, ou seja, embora tratando de uma legislação nacional, a suaaplicação esteve sujeita as oscilações e condicionantes de cada região. Ao considerar este aspecto, dividimos a apresentação em momentos que privilegiam o entendimento das condições que possibilitavam a defesa de medidas colonizadoras no Pará,principalmente sob o ponto de vista dos aspectos naturais da região e a tipologia dos colonos que se buscavam para ocupar estas terras, e como essas ações foram de fato implantadas. Esta ultima questão foi analisada diante do processo de formação dos núcleos coloniais, das expectativas que se construíram em torno desses espaços e das medidas que buscavam organizar, do ponto de vista dos interesses da administração provincial, as colônias agrícolas.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

NUNES, F. A. A LEI DE TERRAS E A POLÍTICA DE COLONIZAÇÃO ESTRANGEIRA NA PROVÍNCIA DO PARÁ. Tempos Históricos, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 99–126, 2000. DOI: 10.36449/rth.v16i2.8099. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/8099. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático