COLONIZAÇÃO E EXCLUSÃO: LAVRADORES NACIONAIS E COLONOS NO COMPLEXO COLONIAL DA COLONIZADORA MEYER (PLANALTO RIO-GRANDENSE, 1897-1932)

Autores

  • Rosane Marcia Neumann

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v16i2.8108

Resumo


Este artigo analisa o processo de colonização no Planalto Rio-grandense e a sua contribuição para a privatização e regularização da propriedade da terra, e a expropriação do lavrador nacional/intruso. Verifica in loco, reduzindo a escala de análise, esse processo e seus desdobramentos no complexo colonial da Colonizadora Meyer, no período de 1897-1932, utilizando como fontes de pesquisa a documentação produzida pelo Estado e pela empresa de colonização.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

NEUMANN, R. M. COLONIZAÇÃO E EXCLUSÃO: LAVRADORES NACIONAIS E COLONOS NO COMPLEXO COLONIAL DA COLONIZADORA MEYER (PLANALTO RIO-GRANDENSE, 1897-1932). Tempos Históricos, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 313–336, 2000. DOI: 10.36449/rth.v16i2.8108. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/8108. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático