Neoliberalismo e a desterritorialização dos espaços

Pedro Alvez, Edson Belo Clemente de Souza, Alfredo Aparecido Batista

Resumo

O objetivo deste artigo é articular a idéia de desterritorialização, no sentido da “desarrumação” causada à sociedade pela globalização, no contexto da política neoliberal. Para tanto, partimos da idéia de territorialização, identificando alguns aspectos em que o neoliberalismo vem transformando os espaços e descaracterizando a cidadania, em função das recentes mudanças ocorridas no cenário nacional e mundial, no que diz respeito aos problemas sociais das últimas décadas do século XX e início do século XXI. Os resultados são alarmantes, reduzindo intensamente os valores que mantêm e ampliam a materialização da cidadania burguesa. Esta constatação empírica coloca-nos a entender este momento histórico, bem como dar respostas. Neste enfrentamento, cabe à superestrutura evidenciar quais são suas ações e qual é o seu comprometimento com a classe burguesa. Neste sentido, apontamos o papel do Estado, onde, por um lado, o mesmo deve ser autônomo ao exercer seus deveres frente aos cidadãos, não deixando estes à mercê da própria sorte, e, por outro, o cidadão deve reivindicar direitos ao Estado.

Texto completo:

PDF