Tendências religiosas na antroponímia rondonense

Patricia Helena Frai

Resumo


É de sabedoria popular que atribuir nomes religiosos aos filhos pode significar devoção a um santo, personagem bíblico ou crença religiosa particular de uma determinada comunidade. No entanto, ao saber de fato as reais motivações para um determinado antropônimo, a partir de entrevistas com pais ou os próprios portadores do nome próprio, observa-se que nomes religiosos podem evidenciar questões além da simples devoção. Nessa direção, o objetivo deste artigo é analisar, a partir dos estudos da Socioantroponomástica, quais fatores influenciam na prática de nomear um filho com o modelo de atribuição tradicional denominado como a religião (JIMÉNEZ SEGURA, 2014). Para tanto, a pesquisa se utiliza de um corpus formado por 250 nomes justapostos coletados a partir de entrevistas semiestruturadas, em um espaço de tempo que abrange 1930-1940 a 2010, na cidade de Marechal Cândido Rondon, Brasil. A pesquisa aponta que atribuir nomes religiosos pode fazer parte de um ideário de uma determinada comunidade, bem como a nomeação de um filho, através de um nome bíblico, pode evidenciar questões identitárias além do significado restrito do nome (SEIDE, 2016).

Religious trends in the anthroponomy of Marechal Cândido Rondon city

Abstract:

It is popular wisdom that giving religious names to children can mean devotion to a saint, a biblical character, or a particular religious belief in a particular community. However, when knowing in fact the real motivations for a specific anthroponym, from interviews with parents or the name bearers, it is observed that religious names can highlight issues beyond simple devotion. In this direction, the aim of this article is to analyze, from the studies of Socioanthroponomics, which factors influence the naming of a child with the traditional attribution model called as religion (JIMÉNEZ SEGURA, 2014). To this end, the research uses a corpus of 250 juxtaposed names collected from semi-structured interviews, in a span of time ranging from 1930-1940 to 2010, in the city of Marechal Cândido Rondon, Brazil. The research points out that assigning religious names can be part of an ideal of a certain community, as well as the naming of a child, using a biblical name, can highlight identity issues beyond the meaning of the name itself (SEIDE, 2016).

 Keywords: Socioanthroponomics; Religious motivation; Juxtaposed names.

 

 

Keywords: Brazilian National soccer team, soccer players, anthroponyms.

 


Palavras-chave


Socioantroponomástica; Motivação religiosa; Nomes justapostos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.48075/odal.v0i0.25725

Apontamentos

  • Não há apontamentos.