Eventos históricos e os impactos antroponímicos: a influência da Era da hortelã na antroponímia de Palotina – PR

Jéssica Paula Vescovi

Resumo


A antroponímia pode revelar importantes dados sobre a história de um local e ser influenciada por momentos históricos. No munícipio de Palotina, região oeste do Paraná, houve, na década de 1970, um movimento migratório, nomeado Era da Hortelã, o qual contribuiu significativamente para a consolidação da antroponímia local. Até então, a região era colonizada por sulistas, imigrantes oriundos da região sul do país, mas, com a produção da menta, houve a imigração de pessoas que eram oriundos de outras regiões do Brasil que a não a região sul para o trabalho no cultivo da erva. Levanta-se, então, a seguinte questão: há mudança no sistema antroponímico decorrente deste movimento migratório? Com o referido questionamento e tomando por base os estudos de Vescovi (2015; 2016), intenta-se apresentar informações relativas aos sobrenomes e aos prenomes existentes no local antes e depois deste momento, considerando os estudos de Seide (2013a, 2013b, 2013c) sobre prenomes tradicionais e modismos. A análise feita demonstra que a história de uma comunidade pode ser comprovada por meio dos dados antroponímicos, pois foi possível correlacionar as mudanças antroponímicas, tanto em âmbito etimológico quanto em surgimento de outros prenomes não presentes até então, com as informações sobre a história do município.

Palavras-chave: Onomástica; Antroponomástica Histórica; Era da Hortelã  

Abstract
Anthroponomy can reveal important data about the history of a place and be influenced by historical moments. In the city of Palotina, in the western region of Paraná, there was, in the 1970s, a migratory movement, named Era da Hortelã, which contributed significantly to the consolidation of local anthroponomy. Until then, the region was colonized by southerners, immigrants from the southern region of the country, but with the production of mint, there was an immigration of people who were from other regions of Brazil other than the southern region to work in cultivation of the herb. The question then arises: is there a change in the anthroponomical system resulting from this migratory movement? With this question and based on the studies of Vescovi (2015; 2016), it is intended to present information regarding the surnames and first names existing in the place before and after this moment, considering the studies by Seide (2013a, 2013b, 2013c) about traditional first names and fads. The analysis made shows that the history of a community can be verified through anthroponomical data, since it was possible to correlate anthroponomical changes, both in etymological scope and in the appearance of other first names not present until then, with information about the history of the city.

Keywords: Onomastic; Historical Anthroponomics; Era da Hortelã 


Palavras-chave


Onomástica; Antroponomástica Histórica; Era da Hortelã

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.48075/odal.v0i0.25970

Apontamentos

  • Não há apontamentos.