Avaliação do crescimento de cordeiros alimentados com permeado de soro de leite em pó

Paula Regina Hermes, Patrícia Barcellos Costa, Cristiani Cavilhão, Loreno Egídio Taffarel, Magali Soares dos Santos Pozza, Keli Daiane Cristina Libardi

Resumo

Objetivou-se com este trabalho determinar as medidas biométricas e pesos pré-abate, conversão e eficiência alimentar de cordeiros alimentados com permeado de soro de leite em pó. Foram utilizados 24 ovinos machos, da raça Santa Inês, com 20 kg de peso corporal, alimentados com níveis crescentes de permeado de soro de leite em pó (0%, 5%, 10% e 15%), em substituição ao milho moído no concentrado. Ao atingirem 30 kg, os animais foram pesados para determinação do peso vivo a origem e peso vivo ao abate, e mensuradas as medidas morfo-estruturais. A análise de regressão foi utilizada para estudo dos níveis de substituição, quando detectadas diferenças significativas na análise de variância. As medidas biométricas iniciais não diferiram entre os animais, inferindo que os mesmos são oriundos de um grupo homogêneo e não caracterizam uma fonte de variação. Não houve efeito da substituição do milho moído da dieta por permeado de soro de leite em pó sob o desempenho e as medidas biométricas de cordeiros. A inclusão de até 15% de permeado de soro de leite em pó em substituição ao milho, em dietas para cordeiros em terminação, não prejudica o crescimento dos animais.

Palavras-chave

coprodutos, crescimento, morfometria, nutrição, ovinos

Texto completo:

PDF