Produção de mudas de alface, pepino e pimentão em função da qualidade do espectro luminoso

Eliamara Marques da Silva, Geany Giovana Silva da Costa, Agner Freitas Andrade, Hellen Cristina Pereira Ferreira, Fábio Steiner

Resumo

A resposta de mudas de alface, pepino e pimentão à qualidade do espectro luminoso em condições de iluminação contínua foi investigada em relação ao crescimento da planta, produção de matéria seca e índices de qualidade das mudas. Os diferentes tratamentos de qualidade de luz foram aplicados durante as etapas de germinação e crescimento de mudas, utilizando lâmpadas fluorescentes brancas ou diodos emissores de luz (LEDs) vermelha e azul à uma fluência de 30 e 25 µmol m-2 s-1 de densidade de fluxo de fótons fotossintéticos, respectivamente. Os tratamentos foram dispostos em um delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 3×2: três espécies de hortaliça (alface, pepino e pimenta doce) e dois tratamentos de qualidade de luz (luz fluorescente branca ou LEDs vermelha e azul), com quatro repetições. Os resultados mostraram que as hortaliças possuem distintas respostas de crescimento para os diferentes tratamentos de qualidade de luz. O número de folhas foi significativamente maior sob luz de LEDs azul e vermelha em comparação com a luz fluorescente branca, para as três espécies de hortaliças. O comprimento da parte aérea e o diâmetro do coleto das mudas de alface e pimentão foram significativamente maiores sob luz de LEDs azul e vermelha em comparação à luz fluorescente branca, enquanto as mudas de pepino não apresentaram diferenças significativas. O comprimento das raízes, a matéria seca de raízes e o índice de qualidade de Dickson (IQD) das mudas de pepino foram significativamente maiores sob luz de LEDs azul e vermelha, enquanto as mudas de alface e pimentão não foram afetadas significativamente. A matéria seca da parte aérea (MSPA) e a matéria seca total (MST) das mudas de alface e pepino foram maiores quando cultivada sob luz de LEDs azul e vermelha. A iluminação com comprimentos de onda azul e vermelha com LEDs resultou em mudas de pepino de melhor qualidade em comparação com a luz fluorescente branco fria. O crescimento da parte aérea das mudas de alface foi favorecido pela luz de LEDs azul e vermelha. As diferentes qualidades do espectro luminoso têm pouco efeito no crescimento e no desenvolvimento de mudas de pimentão.

Palavras-chave

Capsicum annuum; Cucumis sativus; Lactuca sativa; LEDs; seedling quality.

Texto completo:

PDF