Biologia floral e polinização em girassol (Helianthus annuus L.) por abelhas africanizadas

V. A. A. Toledo, E. D. Chambó, A. L. Halk, P. Faquinello, R. S. Parpinelli, K. R. Ostrowski, A. P.B. Casagrande, M. C.C. Ruvolo-takasusuki

Resumo

O girassol (Helianthus annuus  L.) é uma planta de polinização cruzada  e os seus principais polinizadores são as abelhas. Com a polinização por insetos o girassol produz sementes, sendo a abelha africanizada  Apis mellifera  L. o agente mais efetivo. A  performance desta abelha como polinizadora depende de vários fatores, sendo eles, a disponibilidade de pólen e néctar na flor, condições climáticas e aspectos físicos do solo. O girassol é pouco sensível às variações no fotoperíodo, fato este que permite seu escalonamento de produção em quase todo o território nacional. No Brasil uma grande parte do território é considerada apta para o cultivo por apresentar condições climáticas satisfatórias, sendo que atualmente esta oleaginosa é cultivada em todos os continentes. O objetivo desta revisão é reunir dados para uma compilação de informações referentes à cultura do girassol e a importância de A. mellifera L., principalmente as africanizadas na polinização de H. annuus L. 

Palavras-chave

abelhas, polinizadores, polinização entomófila, insetos

Texto completo:

PDF