Estimativa do volume de água pluvial que pode ser reutilizada na suinocultura: um estudo de caso

J. R.P. Ramella, F. Rubio, R. Zenatti, A. C. Agostini, A. C. Gonçalves Jr.

Resumo


O Oeste do Paraná tem se destacado no contexto do agronegócio nacional, onde a suinocultura apresenta-se como uma atividade de grande crescimento e importância. Em conseqüência desta  atividade, tem-se observado  grande uso dos recursos naturais e
impactos ao meio ambiente, principalmente devido à alta demanda por água, a qual é utilizada tanto para consumo, quanto para a limpeza das baias. Frente ao exposto, este trabalho teve como objetivo estimar o volume de água de precipitação pluviométrica
que pode ser reaproveitada na limpeza das instalações. O estudo foi desenvolvido em uma granja coberta de 1200 m2, localizada no distrito de Iguiporã no município de Marechal Cândido Rondon – PR. Foi estimado o volume de água por meio de dados de
precipitação pluvial média, área de cobertura da granja e cálculos do dimensionamento do volume da cisterna necessária para a implantação na propriedade segundo NBR 15527 da ABNT. Os resultados evidenciaram que com a implantação do  sistema seria
possível uma economia de aproximadamente 77,65 % da água consumida para limpeza. Demonstrando que a coleta de águas pluviais  diminui o impacto sobre o uso de água tratada e contribui para a preservação desse importante recurso natural.

Palavras-chave


estimativa, precipitação pluviométrica, suinocultura

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18188/sap.v10i2.5535

Incluir comentário

Revista Scientia Agraria Paranaensis

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Marechal Cândido Rondon

ISSN: 1983-1471 - (versão eletrônica)

Centro de Ciências Agrárias

Rua Pernambuco 1777 — Caixa Posta 91

CEP 85960-000 Marechal Cândido Rondon — Paraná — Brasil

E-mail: revista.sap@unioeste.br

Fone: (45) 3284 7901