Desempenho agronômico de genótipos de milho de segunda safra na região Norte do Paraná

Claudemir Zucareli, Mariana Alves de Oliveira, Leandro Teodoski Spolaor, André Sampaio Ferreira

Resumo

O trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho agronômico de genótipos de milho semeados na safrinha para a região de Londrina – PR. O experimento foi conduzido a campo na Fazenda Escola da Universidade Estadual de Londrina-PR, avaliando 13 genótipos de milho (2B710, 2B587, 2B688, 2C520, DAS8089, DAS9375, DAS8010, DAS8055, DAS9379, DAS9380, DAS9384, DKB390 e AG9010), sob o delineamento experimental de blocos casualizados, com 4 repetições. Foram avaliados ciclo, graus dias acumulados até o florescimento, características fitométricas, plantas acamadas e quebradas, componentes de produção e a produtividade. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Scott-Knott a 5%. Os genótipos avaliados apresentaram produtividade superior à média da região. Os genótipos 2B710, 2C520, DAS8055, DAS8010 e DKB390 apresentaram o melhor desempenho agronômico em relação às características fitométricas, os componentes de produção, e a produtividade no cultivo da safrinha para a região de Londrina-PR.

Palavras-chave

Zea mays L., componentes de produção, características fitométricas, cultivares.

Texto completo:

PDF