Divergência genética entre genótipos de quinoa quanto a crescimento morfológico e caracteres da panícula

Giovani Andreazza de Oliveira, Edmar Soares de Vasconcelos, Diandra Achre

Resumo

Este trabalho objetivou identificar e selecionar genótipos de quinoa (Chenopodium quinoa) com maior distância genética entre si, para comporem os grupos de cruzamentos. Para tanto foram empregados genótipos de duas populações distintas de quinoa (Cherry Vanilla e Brilliant Rainbow), sendo avaliadas 15 características quantitativas para a determinação da distância genética e formação dos grupos com as plantas similares. O agrupamento foi feito pelo método do vizinho mais distante, a partir das distâncias euclidianas médias padronizadas, o que possibilitou a divisão de 44 genótipos em três grupos distintos. Os cruzamentos recomendados foram aqueles que envolveram genótipos de maior distância genética, exemplo genótipo 22 (grupo 1, pertencente a população Brilliant Rainbow) x genótipo 34 (grupo 3, pertencente a população Cherry Vanilla), genótipo 22 x genótipo 42 (grupo 2, pertencente a população Cherry Vanilla), genótipo 34 x genótipo 42, genótipo 1 (grupo 1, pertencente a população Brilliant Rainbow) x genótipo 34 e genótipo 1 x genótipo 42.Vale ressaltar a diferença genética existente entre os genótipos 34 e 42, uma vez que os mesmos pertencem a mesma população (Cherry Vanilla) e foram indicados como possível cruzamento para aumentar a variabilidade genética da população.

Palavras-chave

Chenopodium quinoa, Brilliant Rainbow, Cherry Vanilla, distância genética, melhoramento genético.

Texto completo:

PDF