HOW TO DEFINE AND MEASURE KNOWLEDGE FOR THE ANALYSIS OF COMPETITIVENESS

Autores

  • Knut Ingar Westeren

DOI:

https://doi.org/10.48075/igepec.v13i1.2275

Resumo


A finalidade principal deste artigo é dar uma estrutura para a análise de como nós podemos associar a criação, o uso e a transferência do conhecimento ao desempenho econômico de uma companhia. As configurações do artigo no MERITUM projetam-se onde o objetivo seria encontrar padrões para medir recursos intangíveis. Isto é importante porque uma companhia tem a necessidade de medir e identificar recursos intangíveis como o conhecimento e, desse modo, aumentar sua competitividade. Neste artigo foi utilizado a Aker Verdal como um estudo de caso. Esta companhia é situada em Trøndelag na Noruega periférica e produz revestimentos de aço para as indústrias próximas (ou sobre) do mar. A companhia tem aproximadamente 600 empregados e um valor anual da produção de aproximadamente 200 milhões de dólares. A companhia quer adquirir e desenvolver o capital do conhecimento observando três fatores: 1) Identificação: Quais são os processos centrais do conhecimento que ocorrem? 2) Medida: Quais indicadores podem ser usados? 3) Gerência: Como a gerência do conhecimento é integrada na gerência geral da empresa? O artigo discute como isto pode ser feito tendo por base um projeto em curso.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

WESTEREN, K. I. HOW TO DEFINE AND MEASURE KNOWLEDGE FOR THE ANALYSIS OF COMPETITIVENESS. Informe GEPEC, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 131–141, 2000. DOI: 10.48075/igepec.v13i1.2275. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/2275. Acesso em: 2 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos