LEI DE MAQUILA: IMPACTOS NO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO PARAGUAI DE 2003 A 2018

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/igepec.v24i1.24064

Palavras-chave:

Lei de Maquila, Exportação, Investimento Estrangeiro Direto, Mínimos Quadrados Ordinários.

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo geral analisar os impactos da Lei de Maquila para o desenvolvimento econômico do Paraguai entre 2003 e 2018. Para isso, se propôs a estudar e mensurar dados referentes à Lei de Maquila do Paraguai, e a verificar a relação entre exportação e investimento externo direto nesse país, após a implantação desta lei, utilizando-se do método econométrico de modelo VAR para séries temporais. O que se constatou foi que o impacto que a Lei de Maquila proporcionou ao país no período estudado foi pouco relevante para a economia na sua totalidade, mas para o setor secundário foi de importante atuação para o seu crescimento e diversificação.

Biografia do Autor

Francielly da Fonseca Costa, UNIOESTE

Economista e Mestre em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste

Mirian Beatriz Braun, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Professora Associada do Colegiado de Ciências Econômicas e Professora e Pesquidora dos Programas de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio e de Economia da UNIOESTE

Flavio Braga de Almeida Gabriel, UNIOESTE

Professor Adjunto do Colegiado de Ciências Econômicas e Professor e pesquisador do Programa de Pós Graduação em Economia da UNIOESTE

Gilson Batista de Oliveira, Universidade Latino Americana - UNILA

Professor adjunto da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), Doutor em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Federal do Paraná – UFPR/campus Curitiba

Referências

BANCO CENTRAL DO PARAGUAI. Macrodatos. 2020. Disponível em: < https://www.bcp.gov.py/>. Acesso em: 20 Jan. 2020.

BORDA, D. Paraguay: resultados de las reformas (2003-2005) y sus perspectivas. Santiago, Chile: United Nations Publications, 2007.

CEMAP – CAMARA DE EMPRESAS MAQUILADORA DEL PARAGUAY. Sobre Maquila. Disponível em: <http://www.maquila.org.py/?cat=5>. Acesso em: 25 Set. 2016.

COSTA, F. da F. Lei de Maquila: impactos no desenvolvimento econômico do Paraguai de 2003 a 2016. Dissertação (Mestrado), Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio da Universidade Estadual do Paraná. Toledo, PR: UNIOESTE, 2018. 115 f.

DA SILVA JUNIOR, J. C. A.; MENEZES, G.; FERNANDEZ, R. N. Uma análise VAR das relações entre o mercado de ações e as variáveis macroeconômicas para o Brasil. Economia e Desenvolvimento, n. 23, 2011.

FIEMS - FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. Guia de Investimendo Paraguai. Mato Grosso do Sul, 2015. Disponível em: < http://www.fiems.com.br/public/confederacoes/guia_de_investimento_paraguai.pdf>. Acesso em: 21 Abr. 2017.

LEXICOON. Maquila [en línea] – Edição 3.9, Ene 2017. Disponível em: <http://lexicoon.org/es/maquila>. Acesso em: 23 Jun. 2017.

LEY Nº 1064. De la Industria Maquiladora de Exportación. Assunção (DC), 1997.

MACIEL, R. E. A. A Maquila no Paraguai: modelo produtivo e integração no início do século XXI. (Dissertação de Mestrado) Integração contemporânea da América Latina. Foz do Iguaçu: Unila, 2017. 109p.

MENDONÇA, H. Empresas brasileiras migram para o Paraguai atraídas por baixos custos. El País, São Paulo, 11 set. 2015. Disponível em: <http://brasil.elpais.com/brasil/2015/09/10/politica/1441837292_242802.html>. Acesso em: 15 Ago. 2016.

PONTES, L. P. e. Previsão de séries temporais: produção industrial e demanda de energia elétrica no Brasil. Tese (Doutorado), Programa de Pós-Graduação em Economia da Universidade Católica de Brasília. Brasília, DF: UCB, 2018. 98 f.

SEBRAE - SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS. Revista Soluções: A revista da pequena empresa no Paraná. vol. 01, nº 24, 2016. Disponível em: <http://dl.dropboxusercontent.com/u/4978636/Revista%20Soluções%20SEBRAE.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2019.

SILVEIRA, C.V. Ensaios sobre a economia paraguaia: formação histórico econômica e dinâmica recente do emprego. (Dissertação de Mestrado) Desenvolvimento Regional e Sistemas Produtivos. Ponta Porã, MS: UEMS, 2016. 330p.

TORRES, E.; BRAVO, R. El futuro de la maquila en el sector textil y confección. Revista Negocio Internacionales. 1999.

TURCO, D. O Paraguai custa menos. Revista Presença Internacional do Brasil. v. IX, n. 33, São Paulo: Ed. Totum Excelência Editorial, 2016. Disponível em: <https://issuu.com/revistapib/docs/pib33-simples>. Acesso em: 06 Mar. 2017.

VILLALPANDO, P. La evolución de la industria maquiladora en México. UANL, México, 2004. Disponível em: < http://www.web.facpya.uanl.mx/rev_in/Revistas/1.2/A10.pdf>. Acesso em: 20 jun. 2017.

WORLD BANK. World Development Indicators Database. GDP growth annual % 2000-2015. 2015. Disponível em: <http://databank.worldbank.org/data/>. Acesso em: 28 set. 2016.

ZIVOT, E.; WANG, J. Modeling Financial Times Series With S-PLUS: Vector Autoregressive Models for Multivariate Time Series, Cap 11, Springer, 2006

Downloads

Publicado

27-03-2020

Como Citar

COSTA, F. da F.; BRAUN, M. B.; GABRIEL, F. B. de A.; OLIVEIRA, G. B. de. LEI DE MAQUILA: IMPACTOS NO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO PARAGUAI DE 2003 A 2018. Informe GEPEC, [S. l.], v. 24, n. 1, p. 162–179, 2020. DOI: 10.48075/igepec.v24i1.24064. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/24064. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos