O PAPEL DO MERCADO DE TRABALHO NA COMPLEMENTARIDADE ENTRE A MIGRAÇÃO E A PENDULARIDADE NA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA ENTRE 2000 E 2010/The role of the labor market in the complementarity between migration and commuting in the Metropolitan Region of Curitiba between 2000 e 2010

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/igepec.v24i2.24382

Palavras-chave:

Migração, Pendularidade, Mercado de trabalho

Resumo


O objetivo deste artigo é identificar a existência de uma relação de complementaridade entre a migração e a pendularidade na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) entre 2000 e 2010 e verificar como o mercado de trabalho pode influenciar nessa relação. Uma análise descritiva e explicativa dos microdados dos Censos Demográficos de 2000 e 2010 mostram percentuais significativos de complementaridade entre a migração e a pendularidade, ou seja, parte significativa dos indivíduos que migram, principalmente de Curitiba para o entorno, se tornam pendulares de saída e trabalham na origem migratória (Curitiba). A análise dos dados secundários do total de ocupações dos municípios em comparação com o total de imigrantes residentes nesses municípios mostra que, na maior parte deles, as ocupações existentes não são suficientes para explicar a imigração e o rendimento médio dos municípios do entorno é menor que do núcleo e não seria um fator atrativo.

Biografia do Autor

Crislaine Colla, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Doutora em Demografia pelo Cedeplar- Universidade Federal de Minas Gerais. Mestre em Desenvolvimento Regional e Agronegócio pela Unioeste/Campus Toledo. Graduada em Ciências Econômicas pela Unioeste/Campus Cascavel. Professora Adjunta do Colegiado de Ciências Econômicas e do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio da Unioeste/Campus Toledo. Pesquisadora do grupo GEPEC. Coordenadora do Núcleo de Desenvolvimento Regional (NDR) da Unioeste/Campus Toledo.

Alisson Flávio Barbieri, Universidade Federal de Minas Gerais

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Minas Gerais (1995), mestrado em Demografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2000) e doutorado em City and Regional Planning pela University of North Carolina at Chapel Hill (2005). É, Atualmente Professor Associado do Departamento de Demografia da Universidade Federal de Minas Gerais; Pesquisador do Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (CEDEPLAR/UFMG); Professor do Programa de Mestrado em Práticas de Desenvolvimento Sustentável da UFRRJ; e e Membro do Comitê Científico da Rede Clima (MCTI). Foi Research Scholar na Nicholas School of the Environment, Duke University; Visiting Scholar no Carolina Population Center, University of North Carolina at Chapel Hill;. Associate Faculty do Department of International Health da Johns Hopkins University (JHU), e Diretor do Comitê Consultivo (Steering Committee) do Population and Environment Research Network (Columbia University, New York). Tem atuado como coordenador ou pesquisador em diversos projetos de pesquisas nacionais e internacionais. Tem experiência na área de Demografia, com ênfase em distribuição espacial da população, atuando principalmente nos seguintes temas: mobilidade populacional (interna e internacional), população e ambiente, dinâmica demográfica na Amazônia e no meio urbano, planejamento regional e urbano, métodos de pesquisa.

Pedro Vasconcelos Maia do Amaral, Universidade Federal de Minas Gerais

Professor Adjunto da Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG e Fellow do Center for Spatial Data Science (University of Chicago). Ph.D. pela University of Cambridge, co-editor dos journals Spatial Economic Analysis (2014-atual), Journal of Spatial Econometrics (2019-atual) e Regional Studies, Regional Science (2013-atual) e membro do Comitê Editorial da revista Nova Economia (2018-atual), embaixador da Regional Studies Association no Brasil (2017-atual) e bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq. Foi secretário adjunto (2015-17), secretário executivo (2017) e membro suplente do Conselho Fiscal (2017-19) da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR), presidente fundador da Divisão América Latina da Regional Studies Association (2015-17) e membro do Conselho Gestor da Revista Planejamento e Políticas Regionais (2015-17). Sua pesquisa se concentra na área de Planejamento Regional e Urbano, atuando principalmente na aplicação de métodos de econometria espacial e análise multivariada em estudos sobre disparidades regionais e urbanas.

Referências

ALONSO. W. Location and Land Use: toward a general theory of land rent. Cmbridge: Harvard University Press, 1964.

AZZONI, C. R. Indústria e reversão da polarização no Brasil. São Paulo: Ipe/USP, 1986.

BRANDÃO, C. Território e desenvolvimento: as múltiplas escalas entre o local e o global. Campinas: Editora da Unicamp, 2012.

CAMERON, G.; MUELLBAUER, J. The housing Market and regional commuting and choices. Scottish Journal of Political Economy, V. 45, N. 4, September, 1998.

CASTELLO BRANCO, M. L. G. Espaços urbanos: a geografia das grandes aglomerações no Brasil. In: RIBEIRO, L. C. Q; SANTOS JUNIOR, O. A. (Orgs). As metrópoles e a questão social brasileira. Rio de Janeiro: Revan, Fase, 2007.

CERRUTI, M.; BERTONCELLO, R. Urbanization and Internal Migration Patterns in Latin America. Anais... Conference on African Migration in Comparative Perspective, Johannesburg, South Africa, 4-7 June, 2003.

CHEN, N.; VALENTE, P.; ZLOTNIK, H. What do we know about recente trends in urbanization? In: BILSBORROW, R. E. (org.). Migration, urbanization and development: new directions and issues. New York: UFPA and Kluwer Academic Publishers, 1996.

CINTRA, A; SANTOS, G. dos; JARDIM, M. L. T.; DESCHAMPS, M; MOURA, R.; BARCELLOS, T. M. de. Movimento pendular da população na Região Sul. Observatório das Metrópoles. Relatórios de Atividades 4, 2009.

COLLA, C. Migração e pendularidade na Região Metropolitana de Curitiba entre 2000 e 2010: Complementaridade ou substituição? Tese (Doutorado) Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (Cedeplar), UFMG, Belo Horizonte, 2018. 275f.

CONGDON, P. (1983). "A Model for the Interaction of Migration and Commuting." Urban Studies 20(2): 1985-1995.

CUNHA, J. M. P. da. New trend in urban settlement and the role of intraurban migration: the case of São Paulo/Brazil. In: BILSBORROW, R. E. (org.). Migration, urbanization and development: new directions and issues. New York: UFPA and Kluwer Academic Publishers, 1996.

CUNHA, J. M. P. Mobilidade populacional e expansão urbana: o caso da Região Metropolitana de São Paulo. Tese (Doutorado). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Unicamp: Campinas, 1994. 311 f.

DELGADO, P. R. Mobilidade pendular e diferencial de renda na Região Metropolitana de Curitiba. Caderno Ipardes. Curitiba, v.5 n.2, p. 27-56, jul./dez., 2015.

DINIZ, C. C. Dinâmica regional e ordenamento do território brasileiro: desafios e oportunidades. Belo Horizonte: Cedeplar, 2013. Texto para discussão n. 471.

HAAS, A; OSLAND, L. (2014). Commuting, migration, housing and labour markets: complex interactions. Urban Studies 51(3), 463-476, february, 2014.

LEE, E. Uma teoria sobre a migração. Traduzido de LEE, E. A theory on migration. Demography, 3 (1): 47-57. In: MOURA, H. A. (Org.). Migração interna, textos selecionados: teorias e métodos de análise. Tomo 1: 89-114. Fortaleza: BNB, 1980.

MOURA, R; DELGADO, P.R.; CINTRA, A.P.V. A metrópole de Curitiba na rede urbana brasileira e sua configuração interna. In: FURKOWSKI, O; MOURA, R. (orgs.). Curitiba: transformações na ordem urbana. Letra Capital: Rio de Janeiro, 2014. Observatório das metrópoles, p. 63-94.

OJIMA, R. Pessoas, prédios e ruas: por uma perspectiva demográfica dos processos urbanos contemporâneos. In: OJIMA, R.; MARANDOLA JR, E. Dispersão urbana e mobilidade populacional: implicações para o planejamento urbano e regional. São Paulo: Blucher, 2016.

PINHO, B. A. T. D.; BRITO, F. Local de residência e local de trabalho na RMBH: uma análise comparada entre os anos de 1980 e 2010. Belo Horizonte: UFMG/CEDEPLAR, 2015. (Texto para discussão 525).

RAMALHO, H. M de B.; BRITO, D. J. M. de. Migração intrametropolitana e mobilidade pendular: evidências para a Região Metropolitana de Recife. Estudos Econômicos, São Paulo, v. 46, n.4, p.923-877, out/dez, 2016.

RAVENSTEIN, E.G. As leis das migrações, In: MOURA, H. A. (Org.). Migração interna, textos selecionados: teorias e métodos de análise. Fortaleza: BNB, 1980.

REITSMA, R. F; VERGOOSSEN, D.. "A Causal Typology of Migration: the Role of Commuting." Regional Studies 22: 331-340, 1987.

RENKOW, M.; HOOVER, D. "Commuting, Migration, and Rural-Urban Population Dynamics." Journal of Regional Science 40(2): 261-287, 2000.

RIBEIRO, L.C.Q. Metrópoles, reforma urbana e desenvolvimento nacional. In: RIBEIRO, L. C. Q; SANTOS JUNIOR, O. A. (Orgs). As metrópoles e a questão social brasileira. Rio de Janeiro: Revan, Fase, 2007.

RODRIGUES, A.M. Conceito e definição de cidades. In: RIBEIRO, L. C. Q; SANTOS JUNIOR, O. A. (Orgs). As metrópoles e a questão social brasileira. Rio de Janeiro: Revan, Fase, 2007.

RODRIGUEZ, J. Spatial distribution, internal migration and development: in Latin America and the Caribbean. Cepal Review 96. December, 2008.

SHUAI, X. Does Commuting Lead to Migration? Journal of Regional Analysis & Policy. 42(3), 2012.

THISSE, J. F. Geografia Econômica. In: CRUZ, B de O. Economia Regional e Urbana: teorias e métodos com ênfase no Brasil. Brasília: Ipea, 2011.

Downloads

Publicado

22-07-2020

Como Citar

COLLA, C.; BARBIERI, A. F.; VASCONCELOS MAIA DO AMARAL, P. O PAPEL DO MERCADO DE TRABALHO NA COMPLEMENTARIDADE ENTRE A MIGRAÇÃO E A PENDULARIDADE NA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA ENTRE 2000 E 2010/The role of the labor market in the complementarity between migration and commuting in the Metropolitan Region of Curitiba between 2000 e 2010. Informe GEPEC, [S. l.], v. 24, n. 2, p. 97–116, 2020. DOI: 10.48075/igepec.v24i2.24382. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/24382. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos