VIABILIDADE ECONÔMICA DO USO DO BIOGÁS COMO COMBUSTÍVEL VEICULAR EM UMA GRANDE PROPRIEDADE RURAL Economic viability of the use of biogas for mobility in a big farm

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/igepec.v25i1.25428

Palavras-chave:

Agronegocio, Biometano, Sustentabilidade, Energia, Suinocultura, Resíduos agropecuários

Resumo


Este trabalho objetivou analisar se é viável economicamente utilizar o biogás como combustível veicular para abastecer a frota da fazenda Córrego Azul, localizada em Brasilândia, no Mato Grosso do Sul. Foram prospectados três cenários, nos quais alteram-se essencialmente a produção de biogás e a distância de seu transporte. No primeiro cenário, utilizou-se biogás de duas granjas da fazenda, que contém 2 biodigestores, e foi encaminhado via gasoduto até o microposto. No segundo cenário, considerou-se o biogás de apenas uma granja, que contém 1 biodigestor, e foi encaminhado ao mesmo local. No terceiro cenário, foi considerado o microposto próximo a um biodigestor. Todos cenários apresentaram Valor Presente Líquido e o Valor Presente Líquido Anualizados positivos, mas apenas o último cenário apresentou Taxa Interna de Retorno acima da taxa mínima de atratividade, demonstrando ser o cenário mais interessante para investimento.

Referências

AB’SÁBER, A. N. Os domínios de natureza no Brasil: potencialidades paisagísticas. São Paulo: Ateliê, 2003.

ABIOGÁS – Associação Brasileira de Biogás e do Biometano. Proposta de Programa Nacional de Biogás e do Biometano. São Paulo: ABIOGÁS, 2018.

ADNETT. Anaerobic Digestion of Agro-Industrial Wastes: Information Networks. Technical Summary on Gas Treatment. Netherlands, 2000. 31p.

ANP – Agência Nacional do Petróleo. Resolução n° 685, de 29 de junho de 2017. 11p.

ANP – Agência Nacional do Petróleo. Portaria 8, de 30 de janeiro de 2015. 9p.

ANP – Sistema de Levantamento de Preços. Disponível em: http://anp.gov.br/preco/prc/Resumo_Por_Estado_Municipio.asp Acesso em 22 de Outubro de 2018.

BARREIRA, P. Biodigestores: energia, fertilidade e saneamento para zona rural. São Paulo: Ícone, 2011.

BLEY-JÚNIOR, C. J. Biogás: a energia invisível. Foz do Iguaçu: Itaipu Binacional, 2015.

BLEY-JÚNIOR, C. J.; LIBÂNIO, J. C.; CALINKIN, M.; OLIVEIRA, M. M. Agroenergia da biomassa residual: perspectivas energéticas, socioeconômicas e ambientais. Foz do Iguaçu/ Brasília: Technopolitik Editora, 2009.

CASAROTTO-FILHO, N.; KOPITTKE, B. H. Análise de investimentos. São Paulo: Editora Atlas S/A, 1994.

CASAROTTO FILHO, N. Projeto de negócio: estratégias e estudos de viabilidade – redes de empresas, engenharia simultânea, plano de negócio. São Paulo: Atlas, 2002.

CERVI, R. G.; ESPERANCINI, M. S. T.; BUENO, O. C. Viabilidade econômica da utilização do biogás produzido em granja suinícola para geração de energia elétrica.

Engenharia Agrícola, 2010 p. 831-844.

COLDEBELLA, A. SOUZA, S.N.M.; FERRI, P.; KOLLING, E.M. Viabilidade da geração de energia elétrica através de um motor gerador utilizando biogás da suinocultura. Informe Gepec, v. 12, n. 2, 2008.

CONAB. Custo de produção agrícola: a metodologia da Conab. Brasília, 2010.

CONTI, J. B.; FURLAN, S. A. Geoecologia: o clima, os solos e a biota. In: ROSS, J. L. S. (org.). Geografia do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2008.

DOSSA, D. A decisão econômica num sistema agroflorestal. Colombo, 2000. (Embrapa Florestas. Circular técnica 39).

DROSG, B.; FUCHS, W.; AL SEADI, T.; MADSEN, M.; LINKE, B. Nutrient Recovery by Biogas Digestate Processing. IEA Bioenergy, ISBN 978-1-910154-16-8 (e-book electronic edition),2015. 40 p.

ESPERANCINI, M.S.T.; COLEN, F.; BUENO, O. de C.; PIMENTEL, A.E.B.; SIMON, E.J. Viabilidade técnica e econômica da substituição de fontes convencionais de energia por biogás em assentamento rural do Estado de São Paulo. Revista de Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.27, n.1, p.110-118, 2007.

GITMAN, L. J. Princípios de administração financeira. 2 ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

GOMES, A. C. A.; PIACENTI, C. A. A Viabilidade Econômico-Financeira do Biogás para Uso Veicular na Região de Toledo, Paraná, Revista Paranaense de Desenvolvimento, Curitiba: IPARDES, v.37, n.130, p.83-97, jan./jun. 2016.

HÖFIG, P.; HÖFIG, B.; DOSSA, D. Rentabilidade e tomada de decisão em uma fazenda de café irrigado no município de Unaí/MG, Revista de Agronegócios – Reagro, v. 7, n. 2, p. 60-77, jul./dez., 2018.

IBGE – Instituto Brasileira de Geografia e Estatística – Disponível em http://geoftp.ibge.gov.br/cartas_e_mapas/bases_cartograficas_continuas/ . Acesso em 25 de outubro de 2018.

KREUZ, C. L.; SOUZA, A.; CLEMENTE, A. Custo de produção, expectativas de retorno e de riscos do agronegócio mel no planalto norte de Santa Catarina, Custo e @gronegócio online, v. 4, n.1 – jan/abr, 2008.

KUNZ, A.; OLIVEIRA, P.A.V. Aproveitamento de dejetos animais para geração de biogás. Revista de Política Agrícola, Brasília, v.15, n.3, p.28-35, 2006.

LAPPONI, J.C. Projetos de investimento: construção e avaliação do fluxo de caixa – modelos em Excel. São Paulo, Lapponi, 2000.378p.

LEPSCH, I. F. Formação e Conservação dos Solos. São Paulo: Oficina de Textos, 2002.

LEITÃO, F. O.; SILVA, W. H. da. Geração de energia e renda a partir do tratamento dos resíduos da suinocultura. IGepec, Toledo, v. 22, n.1, p. 116-132, jan./jun. 2018.

MAPA. Plano agrícola e pecuário: 2017/2018. Brasília: BINAGRI: 2017.

MARTINS, F. M.; OLIVEIRA, P. A. V. de. Análise econômica da geração de energia elétrica a partir do biogás na suinocultura, Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.31, n.3, p.477-486, maio/jun. 2011

MENDONÇA, F; DANNI-OLIVEIRA, I. Climatologia: noções básicas e climas do Brasil. São Paulo: Oficina de textos, 2007.

NOGUEIRA, E. Análise de investimentos. In: BATALHA, M. O. (Coord.). Gestão agroindustrial: GEPAI- Grupo de Estudos e Pesquisas Agroindustriais. São Paulo: Atlas, 1997. p.223-288.

PERES, F. C.; HIRONAKA, G. M. F. N.; CANZIANI, J. R.; GUIMARÃES, V. A.; OLIVEIRA, M. M. C. de. O programa empreendedor rural. Curitiba: SEBRAE/PR e SENAR/PR, 2010.

ROSS, S. A.; WESTERFIELD, R. W.; JAFFE, J. F. Administração Financeira. São Paulo: Editora Atlas S/A, 1995.

ROSS, J. L. S. Os fundamentos da Geografia da natureza. In: ROSS, J. L. S. (org). Geografia do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2008.

SENAR/PR. Trabalhador na administração de empresas agrosilvipastoris. Gestão Rural volume 1. SENAR/PR, Curitiba, 2014.

SILVA, M. L.; FONTES, A. A. Discussão sobre os critérios de avaliação econômica: Valor Presente Líquido (VPL), Valor Anual Equivalente (VAE) e Valor Esperado da Terra, R. Árvore, Viçosa/MG, v. 29, n.6, p. 931-936, 2005.

SILVA, M. L.; JACOVINE, L. A. G.; VALVERDE, S. R. Economia florestal. Viçosa, MG: Universidade Federal de Viçosa, 2002. 178 p.

SOUZA, A.; CLEMENTE, A. Decisões financeiras e análise de investimentos: fundamentos, técnicas e aplicações. 2.ed. São Paulo: Atlas, 1997.

SOUZA, S.N.M.; PEREIRA, W.C.; NOGUEIRA, C.E.C.; PAVAN, A.A.; SORDI, A. Custo da eletricidade gerada em conjunto motor-gerador utilizando biogás da suinocultura. Acta Scientiarum Technology, Maringá, v.26, n.2, p.127-133, 2004.

WONG S.; BIOLETTI R. Carbon Dioxide Separation Technologies. Carbon & Energy Management, Canadá, 14p. 2002.

Downloads

Publicado

07-01-2021

Como Citar

HÖFIG, P.; LOFHAGEN, J. C. P.; DA SILVA, G. M. F. VIABILIDADE ECONÔMICA DO USO DO BIOGÁS COMO COMBUSTÍVEL VEICULAR EM UMA GRANDE PROPRIEDADE RURAL Economic viability of the use of biogas for mobility in a big farm. Informe GEPEC, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 185–202, 2021. DOI: 10.48075/igepec.v25i1.25428. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/25428. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos