Produção Leiteira no Paraná: Um Estudo Considerando os Efeitos Espaciais

Autores

  • Thaís Oliveira Capucho
  • José Luiz Parré

DOI:

https://doi.org/10.48075/igepec.v16i1.5103

Palavras-chave:

espacial, autocorrelação, pecuária leiteira, Paraná

Resumo


O objetivo central desta pesquisa é o estudo da distribuição espacial da produção da pecuária leiteira dos municípios paranaenses. Para tal, utiliza-se do método da Análise Exploratória de Dados Espaciais (AEDE) por meio da estatística I de Moran e da análise de identificação de clusters. Os resultados apontam as regiões Oeste, Sudoeste e Centro-Oriental paranaense como as áreas de maior valor de produção. Os resultados demonstram as desigualdades regionais do Paraná em relação à pecuária leiteira. A análise permite concluir pela heterogeneidade entre os produtores de leite do Estado. As variáveis: número de estabelecimento, energia elétrica, produtividade e capital são as que têm maior relevância para a formação do valor bruto de produção do Estado. Isto evidência o processo de modernização pelo qual a pecuária leiteira vem passando ao longo dos últimos anos.

Downloads

Publicado

24-07-2012

Como Citar

CAPUCHO, T. O.; PARRÉ, J. L. Produção Leiteira no Paraná: Um Estudo Considerando os Efeitos Espaciais. Informe GEPEC, [S. l.], v. 16, n. 1, p. 112–127, 2012. DOI: 10.48075/igepec.v16i1.5103. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/5103. Acesso em: 6 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos