O Fenômeno Migratório Brasileiro No Contexto Capitalista

Autores

  • Anaíza Garcia Pereira
  • Fadel David Antonio Tuma Filho

DOI:

https://doi.org/10.48075/igepec.v15i3.6283

Palavras-chave:

fluxos migratórios, acúmulo de capital, desigualdades regionais.

Resumo


Discute-se, neste artigo, o papel que as migrações apresentam no contexto do mundo capitalista. Partindo do pressuposto que o capitalismo se alimenta das desigualdades para ter a possibilidade de se manter, vamos analisar como a migração acaba sendo mais uma ferramenta para fortalecer esse modo de produção. Nesse sentido, temos as diferenciações regionais como um motivo determinante da direção dos fluxos migratórios. Utilizando diferentes recortes temporais, iremos além da analise do início das migrações, ou seja, nossos estudos se iniciam anterior à década de 1930, buscaremos a raiz do fenômeno para traçar a comparação que desejamos.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

GARCIA PEREIRA, A.; TUMA FILHO, F. D. A. O Fenômeno Migratório Brasileiro No Contexto Capitalista. Informe GEPEC, [S. l.], v. 15, n. 3, p. 279–287, 2000. DOI: 10.48075/igepec.v15i3.6283. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/6283. Acesso em: 24 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos